quarta-feira, junho 14, 2006

REQUIEM POR ELVAS

Acabo de ler num jornal diario, que no primeiro dia em que foi encerrada a maternidade de Elvas, uma senhora a caminho do hospital de Portalegre, perdeu a sua crianca!
O senhor ministro da saude encontra-se de ferias! Provavelmente nao se preocupara com isto, foi so uma crianca a menos que deixou de nascer no interior.
Podia ter-se perdido na mesma, se a senhora tivesse sido atendida em Elvas, mas nunca deixara se se colocar o "SE".

3 comentários:

Mac Adriano disse...

Mas, à boa maneira portuguesa, o governo já está a executar um inquérito para averiguar as responsabilidades dos profissionais de saúde. Claro que, como sempre, o governo não instaura nenhum processo para averiguar as suas próprias responsabilidades. Isto é, cada vez mais, o país da impunidade. Desde que se seja político ou amigo de políticos, está-se sempre à vontade.

Sulista disse...

coincidência...acabei de escrever essa notícia num comentário,
em resposta ao amigo Eduardo Leal, no meu post sobre este assunto
"ó elvas, ó elvas...badajoz à vista".

É lamentável que se tenha fechado esta maternidade...

Abraço do Sul

padeiradealjubarrota disse...

Averiguar responsabilidades?...Fica sempre tudo em águas de Bacalhau, mas seria uma boa altura para se reconsiderar os fechos de maternidades.