quarta-feira, dezembro 19, 2007

Um municipio, virado para a saude e bem estar, em 2008?!


Ja ha bastante tempo por aqui escrevi, que uma das areas que poderia e deveria ser aproveitada, para um desenvolvimento sustentado no municipio de "d'Algodres", era a area da saude e bem estar para todos, mas principalmente para as gentes mais velhas (ou idosas como e politicamente correcto dizer). Naquela altura referi-me aos ares excelentes e despoluidos, ao micro clima do nosso vale do Mondego, com invernos e veroes suaves e agradaveis e, as nossas excelentes ligacoes quer rodoviarias quer ferroviarias!

Dentro desta area foram inaugurados no passado dia 16 de Dezembro, dois Centros de Noite, no concelho; um em Vila Ruiva e o outro na Muxagata e, tanto quanto sei existem outros em construcao no Ramirao e em Queiriz, estao portanto de parabens os utentes e os patrocinadores.

Entretanto, esperamos tambem pelo termino das obras do CAO, (Centro de Actividades Ocupacionais, para deficientes) obra pela qual tenho um carinho especial!

Sabendo nos, que a populacao do municipio e a de Portugal em geral, tem tendencia a ficar ainda mais envelhecida, devia ser tambem para essa area que nos deveriamos virar, porque as estatisticas nao mentem.

Tanto quanto sei as obras do Lar da Santa Casa da Misericordia estao terminadas, o mesmo acontece com o antigo Hospital da mesma irmandade, resta-nos esperar entao que o governo, (ou devia antes dizer desgoverno?) cumpra o que prometeu e, de aos municipios competencias e verbas, para se poderem dedicar as areas da saude e educacao!

Aos privados deixo tambem um repto, porque nao utilizar as nossas mais valias, e construir ( ou melhor ainda; "reconstruir") mais equipamentos do genero, que sabemos a partida vao ter uma ocupacao completa.

A Camara Municipal que sei se tem interessado sobre o assunto, so queria deixar um conselho, movam-se antes que outros nos passem a perna, como em muitas outras areas, em passados mais ou menos recentes!

E nao levem a mal esta achega, pois e feita com o alto respeito que me merececem, mas tambem com o grande amor que tenho a terra onde vi a luz do dia e, onde espero passar os meus anos de velhice. Quem sabe, nao irei tambem um dia, ser utente, de uma das valencias de "saude e bem estar" do concelho "d'Algodres"!


********Votos sinceros de um optimo e saudavel 2008, a quantos por aqui passarem!********

segunda-feira, dezembro 17, 2007

...."E Paz na Terra aos Homens"....


Estamos em epoca de festas e festividades, festas estas, que sao ou deviam ser de muita solidariedade familiar e humana.

Entre outras coisas e, principalmente isso, celebra-se o nascimento de um menino judeu que veio modificar o mundo, esse menino chamaram-lhe "Jesus", e e devido a esse nascimento que nos celebramos o Natal, que muitos so usam com pretestos consumistas, omitindo ate o facto, que e a essencia da epoca.

Razao tem uma tarja, que uma organizacao religiosa coloca todos os anos, nos relvados em frente da sua igreja: "Do not remove Crist from Cristmas!" (Nao tirem Cristo do Natal)

A Camara Municipal do meu municipio natal, decidiu e bem em meu ver, celebrar esta epoca de forma diferente; divulgar os presepios colocados em instituicoes e, nas casas dos seus naturais em qualquer parte do mundo: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_054.php

Como nao podia deixar de ser, ja mandei a minha humilde contribuicao, enquanto espero que os meus conterraneos facam o mesmo, se nao houver objeccoes dos ateus!


"GLORIA A D*US NAS ALTURAS E, PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE"!
Votos sinceros de Boas Festas e, um Santo Natal, de mim e minha familia, a todos os amigos leitores e aos meus conterraneos!

domingo, dezembro 16, 2007

Um Sincero Agradecimento!

Por principio nao sou muito dado a estatisticas, ora nunca tendo instalado nenhum contador, nem tendo ideia de o fazer, fiquei admirado quando ao fazer um "upgrade" no meu profile, vi que na mais recente contagem constava o numero 6.277 !(hoje) (mais do que os habitantes actuais, do meu municipio!!!) Francamente nao estava a espera disto, pelo que tenho o dever de agradecer aos meus amigos leitores.
Tambem ao mesmo tempo quero expressar a minha gratidao, a quem colocou o meu blogue na votacao de "Melhor Blogue Portugues", na categoria Cidade/Regiao.
Fui surprendido por um amigo comentador, que me informou, que o este humilde modo de divulgacao da antiga "Terra de Algodres", ficou colocado na votacao em nono lugar!
Ja o facto de ter sido considerado para essa votacao, e para mim uma honra, quanto mais ter ficado entre os 10 primeiros.
Por tudo isto, quero deixar-vos o meu humilde, sincero e bem beirao: BEM HAJAM.

terça-feira, dezembro 11, 2007

Concerto de Natal e a Misericordia de Fornos!

Igreja da Misericordia de Fornos d'Algodres. Ao lado a actual "Residencia de Estudantes" (antigo solar de Antonio Bernardo da Costa Cabral, Marques de Tomar)

Dentro do espirito natalicio que estamos a viver, vai realizar-se no proximo domingo dia 16 de Dezembro, um concerto de Natal na Igreja da Misericordia de Fornos d'Algodres; sera pelas 18:00 e tera a participacao; do Orfeao da Santa Casa da Misericordia de Gouveia.

Tenho que dar os meus parabens; a provedoria da Misericordia de Fornos e ao INATEL, por esta iniciativa, que espero e faco votos seja muito participada; enquanto louvo iniciativas envolvendo entidades de municipios vizinhos!

Este evento e tambem um excelente motivo, para todos quantos o nao conhecerem, visitarem este belissimo templo, que foi construido durante o seculo XVII.

Na sua fachada em estilo barroco, resaltam o frontao com volutas em que se encontra o escudo real portugues do tempo de D. Joao V e a elegante torre sineira de quatro ventanas, rematada por varandim e corucheu em granito.

No interior belo no seu todo, sobressai a capela mor com paredes forradas a azulejo em tons dourados e brancos; o tecto em caixotoes com varias pinturas iconograficas e o impressionante altar em talha barroca. Nele conserva-se a padroeira; uma pequena imagem de Nossa Senhora dos Remedios, que foi patrona de uma capela outrora situada nesta mesma localizacao e, era pertenca da familia Cabral, (um ramos dos Cabrais de Belmonte e Azurara) que foi a fundadora desta Irmandade no seculo XVI.

quarta-feira, dezembro 05, 2007

O Tribunal de Fornos d'Algodres, Nao Fecha!!!


O Secretario de Estado Adjunto e da Justica, desde governo que vamos tendo: Jose Conde Rodrigues, anunciou hoje na sua visita ao Canada, que na reforma da Justica em curso, nao havera lugar ao encerramento de nenhum dos tribunais existentes!
As 230 Comarcas que actualmente existem em todo o pais, seram convertidas em 35 Super-Tribunais Regionais, aos quais ficaram adstritos todos os tribunais existentes.
De acordo com o referido governante, esta reforma sera apresentada ao pais ainda durante este mes de Dezembro.
No que ao nosso municipio diz respeito, fico contente com esta decisao, pois preserva-se uma valencia por que tanto se ha lutado durante o passado, nao sendo nos "D'Algodrenses" obrigados a deslocar-nos a outras localidades, para resolver os nossos problemas de justica.
Para algo tera valido o "Pacto da Justica", assinado pelos dois maiores partidos politicos portugueses, so sendo pena nao ter havido entendimentos parecidos, noutras reformas governamentais, que envolvem o bem estar e a proximidade dos cidadaos!

quinta-feira, novembro 29, 2007

BTT, Vila Ruiva- Fornos de Algodres!


Ja um bocadito em cima da data, passo a divulgar mais uma actividade a realizar na regiao do; Alto Mondego- Serra da Estrela, nos proximos dias 1 e 2 de Dezembro.

O Inatel e o seu Centro de Ferias de Vila Ruiva, promovem estas duas provas que darao a conhecer a quantos nelas participarem, partes dos municipios de Fornos de Algodres, Gouveia e Celorico da Beira.

Uma promocao que eu louvo, pois propoe aquilo que ha muito eu advogo; uma conjugacao de esforcos para divulgar em conjunto, os varios municipios vizinhos.
Nao ha duvida, que podemos e devemos complementar-nos!

segunda-feira, novembro 26, 2007

Como vai a "Res-Publica", pela "nossa" Beira!

O presidente da nossa "Res-Publica", andou pelo "nosso" ainda distrito da Guarda, andou e deixou alguns conselhos aos presidentes dos concelhos. Embora seja uma pessoa que provavelmente nao ofereca muita simpatia pela sua maneira seca de falar, e no entanto um presidente que pela experiencia governativa e formacao, uma pessoa que devemos ter em consideracao!
Focou os varios problemas da regiao, em que o principal e sobre isso varias vezes me tenho debrucado, e a desertificacao!
A chamada desertificacao tem varias origens mas e fundamentamente originada por duas ou tres razoes; a primeira e o abandono agricola das nossas terras, a segunda a falta empresas que originem trabalhos para as nossas gentes e a terceira e a baixa (diria eu baixissima) taxa de natalidade das gentes desta regiao.
Quanto a primeira e na minha humilde opiniao se e verdade que muitas das culturas tradicionais deixaram de ser rentaveis, continuam a existir oportunidades em muitas areas, que a nossa gente poderia ter aproveitado, se a sua opcao fosse viver nos campos coisa que hoje pouca gente quer. Algumas destas opcoes no nosso municipio seriam a criacao de gado ovino e caprino em moldes modernos e o consequente fabrico do "Queijo da Serra", outras seriam a olivicultura e a vinicultura. Nestas e noutras areas foram e continuam a ser perdidas muitas oportunidades, porque a gente mais jovem que e o futuro, nao envereda por esta area, embora ainda haja algumas poucas excepcoes!
Na segunda area que e a industrializacao, temos que ser realistas, e muito dificil em municipios como o nosso sem essa tradicao, a criacao de novas industrias, porque normalmente estas tendem a localizam-se em lugares onde ja existem outras, pela poupanca em logistica e servicos relacionados!
Quanto a baixa taxa de natalidade, eu estou como o presidente, custa-me a crer que os portugueses deixassem de ter alegria de trazer novas as vidas a este mundo, teremos que ver ai provavelmente as dificuldades que custam hoje em dia, criar e educar os nossos filhos.
Em Portugal felizmente ate existem alguns incentivos, mas se nao queremos brevemente ser um pais de velhos, alguns mais tem que ser criados e mais ainda nas areas mais desertificadas, e a nossa e uma delas!
Foram apontados varios caminhos, como o turismo e a fronteira aqui tao perto que pode ser uma mais valia, tambem se disse que os empresarios deste pais tem que virar-se mais para esta regiao, restanto aos autarcas regionais dar-lhes todas as condicoes possiveis.
O meu maior desejo e que dentro do mais curto prazo, comecemos a ver uma diferenca para melhor e nao continuemos a cair demografica e economicamente!

quarta-feira, novembro 21, 2007

Porque nao dar Gracas?!


Aqui onde resido, amanha celebra-se o dia de "Accao de Gracas", e uma tradicao que segundo a lenda (creio que e mais lenda que historia) foi originada pelos primeiros povoadores ingleses da "Nova Inglaterra", quando tiveram as primeiras colheitas nesta terra americana! Provavelmente alguns dos meus leitores abominam os Estados Unidos da America, talvez nem tanto pelo pais em si, mas mais pelo presidente que nos caiu na rifa!

No entanto porque todos quantos acreditam em D*us, devem agradecer-lhe os bens que possuem e eu sou um deles, nao quiz deixar passar esta efemeride sem a ela me referir.

Ilustro esta entrada com uma fotografia da rua onde vivo, que tirei um dia destes. Por aqui, caso a natureza tivesse seguido o curso natural, ja estas arvores estariam completamente despidas de folhagem, mas como ela (a natureza) nos gosta de pregar partidas, este ano decidiu prolongar mais o verao e ainda se encontram assim, e que bonitas estao! Digo eu.

terça-feira, novembro 20, 2007

A Sopa ou o Caldo?!

Ja aqui tenho referido algumas vezes, muitas das actividades realizadas na freguesia de Juncais, entre as quais ressaltam as duas feiras anuais; S. Braz e S. Tiago, que aqui sao realizadas desde tempos imemoriais.
Ultimamente nestas feiras foram incorporados outros eventos como o "Festival do Peixinho do Rio", ou o "Concurso das Janelas e Varandas Floridas", para so referir alguns, o que denota bairrismo e diversidade, numa freguesia que tal como as outras tambem tem perdido populacao, mas que nao baixa os bracos e tenta progredir.
Nestas e noutras actividades, esta sem duvida nenhuma a mao do senhor presidente da Junta; Dr. Paraiso, um dos mais dinamicos a nivel concelhio!
Ora o evento em que desta vez estiveram envolvidas as gentes de Juncais, foi o oitavo "Festival de Sopas da Serra da Estrela", realizado em S. Paio, no vizinho concelho de Gouveia.
Ja me nao surpreende esta participacao que e regular, nem os premios que a "Associacao de Promocao Social Cultural e Desportiva de Juncais" (tambem podiam arranjar um nome maior!) tem conseguido ao longo dos anos neste evento, pelo que foi com naturalidade, mas com algum orgulho concelhio, que li na imprensa que mais uma vez foi para esta freguesia do concelho de Fornos de Algodres, o premio da categoria "Outras Sopas", que foi atribuido a um "Caldo Rico de Perdiz".
Quero dar os meus parabens a esta Associacao, enquanto queria expressar o desejo de feliz continuacao na realizacao e participacao em eventos, que dem notoriedade a freguesia e ao concelho, enquanto ao mesmo tempo, apontar estes exemplos que outros poderam seguir!
A terminar so queria dizer aos meus amigos de fora da regiao, que a sopa, por aqui era outrora chamada "caldo", pelo que ate no nome da sopa ganhadora, se nota cultura e tradicao!

domingo, novembro 18, 2007

A Nossa Beira Continua a Perder!

Como se ainda nao chegassem os encerramentos de organismos e servicos, por todo o pais mais desertificado, aqui temos mais. Estes burocratas de Lisboa nao dormem em servico!
Desta vez sao os postos da GNR que vao encerrar, na minha Beira querida sao varios os que o (des) governo tem em mente, entre eles o de Vila Franca das Naves, e parece que tambem o de Vila Nova de Tazem.
Ora quando se encerram por exemplo estes, em vilas que tem populacao perto dos dois mil habitantes, que confianca nos pode merecer um governo que apregoa que esta a trabalhar para melhor seguranca dos cidadaos!
Talvez as geracoes mais novas dos meus conterraneos ja se nao lembrem, mas no nosso municipio tambem ja existiu um outro posto da GNR em Sobral Pichorro, para dar servico a parte mais a norte do concelho, pois como sabemos a vila de Fornos encontra-se numa ponta do concelho.
Sei muito bem que devido a perca de populacao e aos melhores meios de deslocacao daqueles "policias" nas nossas terras, se nao justifica outro posto que nao o da vila.
Mas preocupam-me estas "medidas", pois se nao houveram meios para estancar a saida de populacao e de acordo com os numeros que este governo que nos caiu na rifa se baseia, um dia destes decidem tambem encerrar o posto da GNR de Fornos, porque umas novas instalacoes nao sao razao para o seu mantimento. Tambem temos um edificio moderno para o tribunal e pelo que tenho lido tambem esta na calha para o encerramento!
Senhores "governantes" nao creem que ja chega?

quinta-feira, novembro 15, 2007

Sou uma "sumidade!!!

Pois e, um segredo que eu tenho tentado guardar ciosamente por tantos anos, foi agora divulgado num comentario de um conterraneo meu, sobre uma entrada publicada do dia 8 de Novembro com o titulo: "Governo Autarquico, Personalizado ou Nao!"!!!
Portanto ja sabem, de ora em diante gostaria que todos quantos fazem o favor de vir aos meus sitios, fizessem o favor de que se dirigissem a mim de acordo!!!
Agora um pouquito mais a serio; embora eu tenha ja respondido ali aquele comentador, nao quiz deixar de escrevinhar duas linhas a esse respeito. Sabem qual e a razao porque o meu conterraneo me considerou "sumidade"? Foi porque eu tenho tido a ousadia de ter algumas ideias e dar algumas sugestoes, que em minha modesta e humilde opiniao a ser consideradas por quem de direito, (e nao me tenho referido unicamente as autarquias, muitas vezes tambem a sociedade civil, como agora se diz) poderiam provavelmente contribuir para mais algum progresso e desenvolvimento, do municipio que me viu nascer e do qual tanto gosto.
Nao sei se aquele meu conterraneo estava a escrever por ele ou se alguem lhe encomendou o sermao, mas pareceu-me que tanto ele como o anonimo comentador a seguir a ele, estavam ali com estes comentarios a tentar agradar a alguem, pois nao contrapuzeram com suas ideias as minhas e as de outros comentaristas.
Enfim continua a existir gente que nao admite que tambem outros possam ter ideias ou sugestoes. Nao tenho nem nunca tive a presuncao de ser dono de verdades absolutas, nem pensar que so as minhas sugestoes e que estao correctas, mas sempre e melhor ter algumas ideias de que nao ter nenhumas e dizer sempre "yes" a tudo!
O meu concelho sempre foi muito conservador, (basta olhar para a quantidade de solares que existem no municipio) ate demais para os meus gostos, a mim que ate me considero uma pessoa do centro politico. Havia e infelizmente ainda ha, muita gente que devido a esse facto, tomou o habito de andar com a coluna vertebral vergada, com todos os riscos que isso implica para a saude.
E ja que estamos em mare de revelacoes, devo dizer a todos quantos nao sao das minhas terras, que a semelhanca de outras, os naturais das varias povoacoes concelhias tinham os seus apodos; ora os habitantes de Fornos eram apodados de "Caes de vila", talvez porque alguns devido a sua sobreviencia, eram muito fieis aos seus donos, ou ate quem sabe porque filavam o calcanhar aqueles que tinham opinioes contrarias. Ja agora tambem vos digo que os da minha aldeia natal eram apodados de "lobos", quem sabe se nao seria por infundirem receio e ate medo! (mas este tema, provavelmente merecera de mim outras intrepertacoes noutra altura)
Nunca gostei de unanimidades nem de generalizacoes, e sempre estive convicto de que todos devemos contribuir com a nossa pequenina parte, para que o que embora bem sempre se pode melhorar. Que triste e ver-mos aqueles que sempre defendem o "status quo" e nao tem ambicao de melhorar.
Tenho para mim, que todo aquele amigo que concordar sempre comigo, nao e verdadeiro meu amigo e sim um hipocrita!
Mas esta de intitularem-me "sumidade" contribuiu e muito para sujar uns quantos lencos, com a baba que me escorria do queixo!!!

A Desertificacao e as Pessoas!

Nao fiquei nada admirado, quando o ultimo senco nos deu a conhecer que todas as freguesias do concelho "D'Algodres", (a excepcao honrosa foi a "minha" Infias) tinham perdido e que continuam a perder populacao. Nao me admirou, porque os mais novos que cada vez menos filhos tem, tendem a deixar as nossas terras por falta de trabalhos, que teimam em nao aparecer e porque os mais velhos vao nos deixando fisicamente.
Ja o mesmo nao esperava da freguesia sede do municipio, porque mesmo nos concelhos mais desertificados, as vilas e cidades onde se encontra a sede concelhia, normalmente ganham habitantes, devido ao facto de ai se concentrarem praticamente todos os servicos e no nosso caso ate vao ser todas as escolas!
As pessoas em idade activa tem praticamente todas as vantagens para ai residir, pelo que nem sou contra o facto de deixarem as aldeias, embora me custe ve-las sem gente.
Mas no nosso caso devido as excelentes ligacoes entre as varias aldeias e a vila, (parabens ao bom trabalho da camara) ate talvez nem houve-se necessidade pela proximidade, pois em poucos minutos nos podemos por na vila, vindos de qualquer aldeia. Mas sao opccoes e agora com a decisao da concentracao de todos os alunos concelhios na vila, ate parecem acertadas!
O que eu francamente nao gosto, e de saber que muitos funcionarios publicos e outros, que tendo o seu trabalho estabilizado dentro do municipio, aqui nao residam.
A esses so gostaria de fazer uma pergunta: Entao a nossa terra e boa para aqui ganharem os seus salarios e ja nao e boa para aqui os gastarem?
Provavelmente uns incentivozitos municipais a exemplo de outros concelhos, talvez ajudassem a tomar a decisao de uma mudanca de residencia, mas tal como vao as financas por ca, nao creio que isso possa acontecer.
Dou entretanto os meus parabens a alguns poucos, que ainda contrariam a regra e decidiram chamar sua a nossa terra, enquanto fico a fazer votos que outros lhes sigam o exemplo.
Na realidade por vezes penso que a nossa localizacao a meia distancia entre a Guarda e Viseu e junto a uma auto estrada nao nos tem ajudado nada!
Por ca temos bons equipamentos e boas vias de comunicacao, tanto rodoviarias como ferroviarias, o que realmente falta e gente, e massa critica que faca progredir esta terra que eu tanto amo!

quarta-feira, novembro 14, 2007

As Festas Populares, os Foguetes e os Incendios!!!

Tenho tentado nao referir-me as mas opccoes legislativas deste (des)governo, mas tem feito leis tao absurdas que terei que referir-me a uma delas novamente, pois as evidencias falam mais do que o que nos querem impingir.
Os continuos incendios que tem acontecido neste Outono, que ja obrigaram o ministro da Administracao Interna a declarar "risco de incendio" todo o ano, fizeram-me lembrar uma medida apregoada com muito realce, que foi a proibicao da descarga e foguetes nas festas populares de verao!
Segundo os burocratas alfacinhas, sao os foguetes os responsaveis de uma grande parte dos incendios de verao. Eu so queria fazer umas perguntitas; quantas festas populares com foguetorio, foram realizadas este Outubro e Novembro? Que ate e sao meses de recolhimento e celebracoes mais viradas para os mortos que para os vivos!
Quantos incendios durante o ano, tem o seu inicio junto as povoacoes onde se deitam os foguetes?
Senhores governantes mandem mas e realizar mais fiscalizacao, prendam de uma vez, mas severamente os incendiarios e nao nos deitem areia para os olhos.
Deixem as nossas aldeias ter alguma alegria durante o verao, com foguetes e tudo, desde que cumpram as regras de seguranca. Pois e ainda das poucas coisas que lhes restam!

segunda-feira, novembro 12, 2007

IV Passeio Micologico, Por "Terras d'Algodres"!

Na falta de uma fotografia dos verdadeiros "miscaros", (estes diziam que eram venenosos) subtrai esta de um blog da "nossa Serra":http://ocantarozangado.blogspot.com.

Agora que o Outono esta a meio e mesmo sem terem havido em quantidade desejada, as tao esperadas chuvas, (pelo calor e enorme quantidade de incendios, ate parece que se esta em Agosto) nao deixa de ser a altura dos tao apreciados miscaros e cogumelos!

Por isso a Casa do Pessoal da Camara Municipal "d'Algodres", organiza no proximo sabado dia 17 de Novembro, o seu quarto "Passeio Micologico". Toda a informacao pode ser encontrada aqui: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_049.php.

O passeio deste ano sera na freguesia do Casal Vasco, mais propriamente na Quinta das Moitas; uma antiga quinta historica, onde ha (ou houve) um projecto de turismo rural.

A terminar e ja na vila de Fornos, realizar-se-a na Residencia de Estudantes, (antigo solar do Marquez de Tomar) um coloquio sobre o tema "micologico", nele participarando; Sofia Oliveira no Parque Natural da Serra da Estela, H. Klaus um productor micologico holandes e Manuel Paraiso da Associacao "a Pantorra".

Caso os meus amigos gostem de andar pelos campos e florestas, de colher "miscaros" e "turtulhos" e aprender um pouco mais sobre o tema, venham ate as "Terras de Algodres" no proximo fim de semana.

quinta-feira, novembro 08, 2007

Governo Autarquico, Personalizado ou Nao?!

Uma vista de verde envolvida, da linda Figueiro da Granja, com a "Estrela" em pano de fundo, retirada do blogue: http://ofigueirola.blogspot.com/


Num comentario sobre este evento: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_047.php , o meu amigo Joao Clemente do blogue: "O Figueirola", que eu ainda nao tinha tido oportunidade de divulgar, fez um comentario em que dizia: "...considero que deveria haver um envolvimento mais profundo das pessoas que vivem nesta regiao, de forma a elas proprias lucrarem com estas actividades....".
Nao posso estar mais de acordo e e nesse ponto, que se pode fazer diferenca para melhor.

Quanto a mim o papel das autarquias deve ser muito mais, do que construir equipamentos e prestar servicos. Deve tambem contribuir de todos os modos para facilitar o desenvolvimento, promovendo condicoes para a instalacao e modernizacao de actividades comerciais, industriais, agricolas e outras que produzam riqueza e criem postos de trabalho.
Tambem devem motivar e sensibilizar as populacoes para os varios eventos, fazendo com que facam parte deles e deles possam lucrar, nao estando so reservados a alguns.

Estas motivacoes e sensibilizacoes devem muitas vezes fazer-se pessoalmente, e nao so com a colocacao de cartazes e editais. Os governos, nestes casos os locais, devem ser o mais personalizados possivel, no nosso caso ainda mais, pois somos um municipio pequeno, em que quase toda a gente se conhece!

No caso de evento que mais uma vez divulgo, com o link colocado no inicio, como a paragem principal com o almoco, e na bonita e antiga vila de Figueiro da Granja, porque nao promover ai uma mostra e venda de artezanato e productos regionais, organizando e sensibilizando tambem nao so os artezaos mas tambem o comercio local?

As vezes sao os mais pequenos passos, os que custam a dar, mas sao eles que fazem a diferenca que se espera e deseja!

domingo, novembro 04, 2007

Cooperacao Inter-Municipal, Espera-se e Deseja-se!

Muitas das opcoes erradas de desenvolvimento, que em meu ver acontecem, sao devidas a falta de cooperacao entre municipios vizinhos e, sao o resultado do caseirismo local em que cada um so olha para o seu umbigo!
Tenho notado com desgosto, que entre os municipios de Fornos de Algodres e o de Aguiar da Beira, nao tem havido a esperada e desejada cooperacao em areas fundamentais. Pelo que sei as coisas nao tem tendencia a melhorar, a menos que alguem desca dos seus pedestais. Isso e muito mau para as populacoes destes concelhos, que pelo tamanho e proximidade, tem todo o interesse em arranjar formas de desenvolvimento conjunto.
Ja ha tempos aqui referi o caso do caminho de ferro e da estacao de Fornos Gare, que pela proximidade e a que melhor serve (ou devia servir) o concelho de Aguiar e ate franjas de outros concelhos vizinhos.
Tambem ja referi a pessima opcao do no de ligacao a auto-estrada 25, que a nao ser comtemplada uma ligacao com a estrada nacional 330, para melhor servir tambem o municipio de Aguiar da Beira, dever-se-ia tem considerado um no o mais proximo possivel da referida 330, que para alem de Aguiar da Beira tambem serve Gouveia, e nao a localizacao actual que deixou estes municipios mais longe, embora a vila de Fornos ate tivesse ficado com mais visibilidade.
Isto no entanto, sao aguas passadas e puros desabafos, que provavelmente ja nao teram solucao. Mas podem e devem ter solucao, outros projectos estruturantes, que deviam englobar estes dois municipios vizinhos; Estou a lembrar-me de uma parceria que deveria englobar tambem privados, para a exploracao da energia aeolica; de uma estrategia turistica que engloba-se o Centro de Ferias da Inatel de Vila Ruiva e as Termas da Cavaca; de um roteiro arqueologico em que a "Anta da Matanca" e a de Cortico" incluissem tambem os "Dolmens de Carapito", que o "Castro da Gralheira" aparece-se em conjunto com o de "S. Tiago", "Fraga da Pena" e o "Castelo de Queiriz, mas podia continuar!
Acontece que foi apresentada pelo governo recentemente, a opcao de candidaturas para e requalificao de espacos urbanos, nas malhas antigas das cidades e creio que vilas tambem.
Estes projectos para melhor possibilidade de aprovacao devem ser inter-municipais e, foi precisamente isso, que o ministro das cidades e territorio referiu.
Temos entao aqui, uma interessante possibilidade de cooperacao entre Aguiar e Fornos, apresentando um projecto comum para a requalificacao com vista ao repovoamento das zonas historicas destas vilas e ate porque nao tambem, de Algodres e Carapito por exemplo.
De ora em diante espera-se e deseja-se mais e melhor entendimento e cooperacao, vejam o que de bom comeca a acontecer entre Trancoso e Celorico da Beira, que ate sao camaras de cores politicas diferentes. Nao e este o caso de Fornos e de Aguiar, pelo que com boa vontade antevejo algo diferente e muito melhor, com vista ao desenvolvimento desta sub-regiao.

terça-feira, outubro 30, 2007

"Os Santos e S. Martinho" e modos diferentes de os celebrar!


Na primeira parte do mes de Novembro, quando se comeca fazer o melhor "Queijo", a Igreja Catolica e seus seguidores, celebram "Todos os Santos" e os "Fieis Defuntos". (coitados dos "Infieis" que nao tem direito a nada!)
Tambem esta altura e motivo para encontros, celebracoes e outros eventos, menos catolicos e ate menos cristaos, com raizes em costumes pagaos e mais ligados a natureza, que e muito mais sabia que as religioes!
Por esta altura o municipio de Mangualde, nosso vizinho, realiza a ja nacionalmente conhecida "Feira dos Santos", ocasiao de encontro e convivio, em volta das saborosas e tradicionais "febras" (ou sera feveras) de carne de porco, acompanhadas do excelente pao beirao e regadas com vinho do Dao!
Com base nesta feira, ja ouvi da possibilidade de se instituir em Mangualde o "Museu do Porco", o que ate acho ser uma excelente ideia!
E epoca tambem, para a realizacao por toda a Beira dos tradicionais "magustos" com as doces castanhas, acompanhadas com o inevitavel nectar de Baco, ou da bela "jeropiga", (jeropia como dizia o meu avo) que tem o ponto mais alto no dia 11, dia de S. Martinho!
Pelo concelho de Fornos d'Algodres, decidiram e bem, celebrar este ano o S. Martinho de modo diferente; sera com uma concentracao de carros antigos e um passeio pelo municipio, focando os monumentos, a paisagem e a natureza, incluindo tambem uma visita guiada a uma queijaria tradicional, para ver como se confeciona o "Serra" genuino!
O almoco sera em Figueiro da Granja e constara de porco no espeto com arroz de feijao, acompanhado com o pao de centeio e o nosso vinho. (o Dao claro)
Ora aqui esta uma ideia interessante; juntar cultura com tradicao e gastronomia. Tenho que dar os parabens aos mentores, fazendo votos de que eventos semelhantes se realizem com mais frequencia.
Mais informacao pode ser encontrada aqui: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_047.php

quarta-feira, outubro 24, 2007

A "Quinta do Cabrito e do Borrego"!


Aparentemente a proposta ideia do "Museu do Queijo", nunca sera implementada em Fornos, outros mais lestos nao se deixaram dormir e creio, que vera a luz do dia num municipio vizinho.

Pelo que dentro do mesmo espirito temos (ou deviamos) de partir para outros projectos, que tem tambem muita viabilidade, (digo eu) esta proposta que apresento em meu ver tem tambem tanto ou mais sabor!

Quem alguma vez consultou o livro; "Receitas Tradicionais Portuguesas" de Maria de Lurdes Modesto, (primeira edicao) podera constactar que o municipio de Fornos de Algodres, encontra-se ai muito bem representado, com bastantes e saborosas receitas tradicionais. Algumas delas baseiam-se no Cabrito e no Borrego, que por aqui se preparam muito bem e de modos variados.

Em seguimento da minha entrada de 15 deste mes, queria sugerir dentro de um modelo parecido com o "Museu do Pao" de Seia, a implementacao nas redondezas da vila de Fornos da; "Quinta Tematica do Borrego e Cabrito Beirao". ( o nome nem e o mais importante)

Numa quinta, onde em prados verdejantes pastariam as cabras e ovelhas regionais e suas crias, em paineis explicativos se daria a conhecer tudo relacionado com este tipo de actividade, junto um pequeno museu tematico mostraria a tematica pastoril, enquanto na loja se comercializavam os productos derivados destas especies. Neste complexo deveria haver tambem um restaurante, que daria a conhecer os nossos pratos tradicionais, baseados no cabrito e borrego e bem assim as sobremesas confecionadas com o leite das especies referidas, que sao unicas em paladar.

Eu sugiro uma quinta relativamente proximo da A25 e nao longe da vila, em ambiente rustico e sem grandes luxos.

Ali tambem e porque do leite das ovelhas, se fazem os bons e conhecidos queijos da "Serra da Estrela", e os deliciosos requeijoes, e do das cabras as nao menos saborosas "queijetas", tambem nao destoaria a promocao e venda destes productos.

Nao e pelo facto de Celorico estar a frente na promocao do "Queijo da Serra", que em Fornos se nao produz do melhor queijo, so que na nossa terra somos muito mais comodistas!

Que me dizem a mais esta ideia?

terça-feira, outubro 23, 2007

"...Os casos mais complexos sao Fornos de Algodres e..."

Normalmente sao sempre as mas noticias, que mais chamam a atencao e aquelas, a que os orgaos de comunicacao concedem mais destaque.
Ja aqui referi este assunto, mas nao posso deixar de ressalvar, parte de um artigo publicado; no Correio da Manha de 18-10-2007:
" Lisboa e Gaia sao os municipios que apresentam maiores valores de individamento ultrapassado. Mas para Eduardo Cabrita, os casos mais complexos sao os de Fornos de Algodres e S. Pedro do Sul. Nestes dois casos, a divida ultrapassa um terco das receitas municipais."
Nestes ultimos tempos, o nome do meu municipio tende a aparecer em varios jornais, devido a esse individamento, coisa que a camara tem contestado, embora sem muita conviccao convenhamos.
Acontece que devido a esse individamento, Fornos e bem assim os municipios na mesma circunstancia, vao receber menos verbas do orcamento do estado.
Se e verdade que os autarcas ate poderam merecer isto pela passada ma gestao, ja o nao merecem as populacoes desses concelhos, pois como menos verbas menos possibilidades haveram, para o desenvolvimento que se deseja.
Pelo que nao creio, que estas medidas ajudem a resolver a situacao, muito pelo contrario!

domingo, outubro 21, 2007

Estamos de Parabens, valeu a pena a "luta"!


Valeu a pena esta luta, em que eu e amigos da "blogosfera" nos envolvemos, ao fim de varios meses a "Inatel" de Vila Ruiva- Fornos de Algodres, ja colocou no seu "site" varia informacao turistica, referente ao municipio onde se encontra o seu "Centro de Ferias"!

Creio que ate poderia ser ainda mais detalhada, mas encontram-se descritos os monumentos de maior relevo e tambem a gastronomia local.

No entanto o facto de dever colocar em relevo, o municipio em que se insere, nao obstacularia a colocacao de informacao referente aos outros municipios circundantes, que creio tambem ai deveria constar, no entanto temos que congratular o "Inatel" e constactar que vale a pena lutar pelas causas justas.

Estamos portanto todos de parabens!

sexta-feira, outubro 19, 2007

VALORIZANDO O PATRIMONIO!


A Associacao "Terras de Algodres", vai organizar no proximo dia 10 de Novembro, entre as 14:00 e 18:00 horas, o primeiro encontro: "Patrimonios a Valorizar": Sera no Castro de Santiago, situado na confluencia das freguesias de Figueiro da Granja, Vila Cha e Muxagata, no concelho de Fornos de Algodres; constara de uma accao de limpeza e sensibilizacao, seguida de um "magusto" tradicional, porque nao ha como reconfortar o corpo, depois destes trabalhos!

Ja em numa entrada do dia 10 de Agosto, me referi a falta de limpeza naquele castro, pois a muita vegetacao, nao deixava ver quase nada daquelas ruinas!

So tenho que congratular mais uma inicativa desta "Associacao" e mais ainda, porque pelo que entendo sao actividades que iram continuar, noutros sitios arqueologicos municipais.

A inscricao e gatuita para associados e seus convidados, mas esta aberta a todos e pode ser efectuada aqui: terrasdealgodres@sapo.pt, ate ao dia 31 de Outubro.
Mais informacao, pode ser obtida aqui: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_046.php

terça-feira, outubro 16, 2007

"O Porco, o "Cordeiro" e o Cabrito!"

Embora no concelho "D'Algodres", se confecionem saborosos pratos com os enchidos e com a carne de porco, tais como; as chouricas, as farinheiras, a marra (com til no a) e o presunto, dentro destes quero destacar a murcela, que em minha humilde opiniao e uma das melhores a nivel nacional! No entanto devido ao meu acentuado regionalismo, terei que ser posto em duvida, pelo que o melhor e prova-la para tirar duvidas!
Contudo na gastronomia que melhor nos representa, figuram em primeiro lugar o cabrito e o borrego (ou "cordeiro" como outrora se dizia) tanto grelhados, como assados em forno de lenha, guizados, estufados e de outros modos.
Estes dois tipos de carne, embora sejam (fossem) muito abundantes no nosso municipio e regiao, o seu uso na nossa culinaria, tera em minha sempre discutivel opiniao, muito que ver com a cultura hebraica e ate mussulmana. Estas religioes proibem o uso de carne de suinos, coisa que para alem da religiao, tera tambem muito que ver, com o facto destes animais serem grandes portadores de doencas outrora intrataveis e muito contagiosas!
O uso de borego e cabrito na nossa culinaria, sera tambem uma das herancas que os povos semiticos, deixaram em "terras de Algodres" e nao so!
Termino com uma quadra de uma cancao popular destas terras, dada a conhecer a nivel nacional, pelo saudoso cantor fornense: Dr. Antonio Menano

"La'im" baixo vem a rapoza,
Com o seu rabo p'lo chao.
Vem "precurar" ao pastor,
Se tem "cordeiros" ou nao.

La'im = La em
Precurar = Perguntar
Cordeiros = Borregos

segunda-feira, outubro 15, 2007

No pais dos "recordes"; a quarta maior igreja do mundo!

Portugal ha ja bastante tempo que se consagrou como o pais dos "recordes", ele e dos primeiros em consumo de alcool, com a maior taxa de acidentes na estrada, uma das maiores taxas de analfabetismo, um dos maiores numeros de desempregados na Europa, etc, etc.
Seguindo mais ou menos na mesma linha, tambem ja ha algum tempo que fazemos coisas como; a maior feijoada do mundo, a maior broa, o maior folar e outras coisas semelhantes.
Tambem somos daqueles que necessitando de 10, construimos 12 estadios de futebol, para depois muitos deles ficarem as moscas a maior parte do ano!
Ora a Igreja Catolica Apostolica e Romana ca do burgo nacional, decidiu que nao poderia ficar atraz, pois nao tendo que fazer aos milhoes de euros que os fieis depositam em Fatima, decidiu construir uma igreja nova que nao e mais nem menos que a quarta maior do mundo!
Nao sei se quiz seguir o exemplo do estadio de futebol, construido na diocese a que pertence, mas quer-me parecer que devera encher durante o ano as mesmas vezes que aquele!
A tudo isto so me resta dizer; valha-nos D*us, ou neste caso a Santissima Trindade!!!
Tambem pelo meu "burgo" nos ultimos anos, se construiram uma estatua a Cristo num miradouro, uma a Senhora de Fatima e outra ao Coracao de Jesus, em duas rotundas na vila, so gostava de saber se foram feitas so com dinheiro dos catolicos, ou se com dinheiros publicos?!

quinta-feira, outubro 11, 2007

"Quinta das Courelas", uma pedrada no charco!


Dentro das coisas boas que se podem encontrar na vila de Fornos, nao posso deixar de destacar a "Quinta das Courelas" e as suas actividades, que ja mais que uma vez aqui ressaltei.

Aqui vos apresento, quatro muito boas e saborosas razoes, para virem ate as "Terras d'Algodres", nos meses frescos de Outubro e Novembro!

terça-feira, outubro 09, 2007

O optimismo, que por vezes e pessimista!

Hoje e um dos dias ,em que eu que me considero optimisma e espero sempre o melhor, me encontro um pouco em baixo e ate talvez meio deprimido. Contribuira para isso talvez um problemita de coluna, que me apoquenta ja ha uns anitos, mas que ultimamente decidiu de certa forma aumentar, mas pelo que vejo ha minha volta ate me considero de certa forma bafejado pela sorte, ou sera a minha faceta de optimista!
Parte do meu pessimismo presente, tem tambem que ver com uma conversa alongada com um familiar meu, que tida ontem. Ali me informava ele, que pelo meu municipio as coisas estam de mal a pior!
Estam, nao se vendo nenhuma luz no fundo do tunel, por este andar e porque a inacao e tal, ja nem me admiro que na prometida reorganizacao do pais, que este (des)governo se propoem fazer, concelhos como o de Fornos de Algodres sejam extintos, devido a que a populacao e cada vez menor!
Ninguem pelos nossos lados parece pensar nisto e os autarcas continuam sem nada fazer para obstaculizar a continua desertificacao, nem os exemplos de municipios vizinhos os faz pensar um pouco seguindo-lhes pelo menos o exemplo! Porque ideias novas nao abundam por estas bandas, por parte daqueles que deviam estar na linha da frente, e que o meu optimismo muitas vezes se transforma em pessimismo!

quarta-feira, outubro 03, 2007

Escadarias e Rampas!

Li a dias mas ja nem sei aonde, que em Portugal os arquitectos e engenheiros tem o culto das escadas e escadarias. De facto uma escadaria e de certo mais imponente, que qualquer vulgar rampa e como nestas coisas da arquitectura, (como em muitas outras areas) o que importa na maioria das vezes sao as aparencias, estes profissionais continuam a esquecer uma lei que ja tem mais de dez anos, e muitissimas vezes nao se recordam dos limitados em locomocao!
Talvez porque ja me encontro mais para la que para ca, estas coisitas estam incluidas nas areas que me preocupam, mas que deveriam importar tambem e muito, a todos os profissionais da area da construcao.
Embora muitos deles, possam nunca ter limitacoes fizicas durante as suas vidas, devem lembrar-se que se D*us lhes der saude e vida, chegaram a velhos (ou idosos como agora se diz) e uma ligeira rampa e sempre mais acessivel que qualquer escadaria.
As Camaras municipais que licenciam e fiscalizam as obras, nunca se deveriam demitir do seu papel devendo ser o exemplo para o resto dos cidadaos nas obras que executam, coisa que na maior parte das vezes nao fazem!
Infelizmente pelas nossas bandas, tambem existem muitos maus exemplos, quanto ao cumprimento da lei da mobilidade!

segunda-feira, outubro 01, 2007

sexta-feira, setembro 28, 2007

"Sancti Michaelis" 29 de Setembro!

A paroquia (igreja) de Fornos se nao e anterior, data pelo menos do seculo XII, pois ja em 1170, era ai que os colonos da "granja da Figeirola" recebiam os sacramentos. (carta de couto de Figueiro). Embora o monsenhor Pinheiro Marques, sugira que so passou a ter a invocacao de S. Miguel Arcanjo, a partir do seculo XVI: ...a invocacao de S. Miguel Arcanjo, que nao se encontra nos documentos ate ao seculo xv, mas estando em todos os outros desde o seculo XVI..." ( Terras de Algodres, Pag. 115, 1988). Sabe-se hoje pelas inquiricoes de D. Afonso III de 1258, que assim nao e, pois ai se ve: Stepham Moniz, prelatus Sancti Michaelis de Fornos.....
Assim sendo, faz todo o sentido que se celebre o S. Miguel em Fornos de Algodres amanha, dia 29 e que este dia ate seja o feriado municipal, embora eu seja mais a favor de que estes feriados deveriam ser em datas civis.
S. Miguel Arcanjo que segundo a tradicao, foi quem derrotou Lucifer, principe dos demonios, esta nesta regiao muito relacionado com a agricultura e os agricultores. Era neste dia que se faziam os contractos de arrendamento de terras, que se faziam os pagamentos das rendas, e era tambem a partir deste dia que deixava de ser obrigatoria a "merenda", pois com a passagem recente do equinocio e entrada no Outono, o dia solar fica cada vez mais pequeno!

Termino com um dito popular:

"p'lo S. Miguel, acaba-se a sesta e o farnel".

E com uma simples quadra de minha autoria:

"S. Miguel rico patrono,
De Setembro es o senhor.
Nao deixes abandonado,
O pobre agricultor."

quarta-feira, setembro 26, 2007

O "Aquidalgodres" e o "D'Algodres"

"Casa na Rua de S. Salvador", a primeira fotografia publicada no "D'Algodres"!

Sem eu o antever, o "blog Aquidalgodres" aparentemente passou a ter mais leitores e comentadores, do que o meu outro mais antigo; http://dalgodres.blogspot.com/, que teve o seu inicio em 11 de Agosto de 2005, com o titulo "Judeus em Terras de Algodres".

Se e verdade que gosto de apresentar algumas ideias e alertar com um grito de alerta, para a problematica da desertificacao do interior, em que se encontram as "as terras d'Algodres", e por conseguinte aprecio todas as colaboracoes. Tambem gostaria que especialmente os leitores do meu municipio comentassem e colaborassem no meu "blog" mais antigo, porque provavelmente ajudar-me-iam a descobrir uma parte da historia que foi encoberta por tantos anos.

Passem tambem por la e digam da vossa justica, ai os espero e conto com as vossas colaboracoes, enquanto peco desculpa pela atualizacao menos regular dos meus "blogs", devida a um problema com o meu servidor de "internet", coisa que estou em processo de resolucao.

A todos os meus queridos amigos, leitores e comentadores, um sincero e bem beirao;

BEM HAJAM.

sexta-feira, setembro 21, 2007

Porque Nao, Na Nossa Terra!!!

Vista parcial de Fornos d'Algodres, com a Serra da Estrela ao fundo!

Ja na entrada de 11 de Setembro, deixei a preocupacao de que a reducao do IRC, propagandeada pela "Socratissima Persona" na Guarda, por si so nao seria suficiente para resolver os problemas do interior cada vez mais desertificado, onde esta incluido o meu municipio!

Estando convicto de que o Governo pode fazer mais, tambem o estou, de que devem partir das autarquias outras medidas ao seu alcance, para complementar os incentivos para novos investimentos productivos, fixar populacao e criar riqueza.

A gente, e sem duvida nenhuma a maior riqueza, que pode possuir uma localidade, um concelho, ou uma regiao, ora as nossas, estam a ficar cada vez mais pobres, porque cada vez estao mais minguadas de gente.

E por isso que medidas tomadas recentemente pelo municipio de Penalva do Castelo, e agora pelo concelho do Fundao, em reduzir o IRS, e concedendo incentivos para a fixacao de gente jovem, sao de aplaudir, e e isso que estou aqui a fazer, enquanto apresento estes exemplos aos autarcas do meu concelho "d'Algodres".

Porque a menos que desejem o continuo despovoamento, algo tem que ser feito e rapidamente! Usemos a nossa excelente localizacao, as nossas belas acessibilidades e a nossas potencialidades, para num futuro que se deseja, transformar a vila de Fornos em cidade, a nao ser que desejem que baixe a categoria de aldeia!

quinta-feira, setembro 13, 2007

Patrimonio e Natureza, em Dialogo!



Tambem este ano, o municipio de Fornos de Algodres, decidiu integrar no fim de semana do feriado municipal, (29 de Setembro, dia de S. Miguel) actividades relacionadas com o patrimonio, numa altura em que um pouco por todo o lado, se realizam as "Jornadas Europeias do Patrimonio" este ano sob o tema: "Patrimonio em Dialogo".

Na sexta feira dia 28, dia mais virado para as camadas jovens, em colaboracao com as escolas e os Bombeiros Voluntarios do concelho, depois de uma concentracao e visita ao CHIAFA, (museu arqueologico) ira proceder-se a continuacao da limpeza da calcada e estrada romana, existente junto aos terrenos do antigo seminario, limpeza esta orientada por um arqueologo.

No sabado dia 29, dia dedicado a toda a populacao, preceder-se-a a uma caminhada com inicio junto aos Pacos do Municipio, passando por dois trocos de calcada romana; um junto a capela da "Senhora da Graca" e o outro que tera sido limpo no dia anterior; junto ao seminario. Caminhada esta que terminara no rio Mondego perto da Ponte de Juncais, onde anteriormente a terceira invasao francesa, (1810) existiu uma ponte romana.
Ai havera um concurso de pesca, seguido de um almoco-pic-nic, findo o qual se realizara uma conferencia com o tema "Os Oceanos".

Tambem durante o fim de semana, estara patente a exposicao intenerante do "Oceanario de Lisboa", junto da Camara Municipal, no Jardim 28 de Maio.

Estas iniciativas culturais tem pelo menos duas vantagens; a primeira de sensibilizacao dos jovens para o conhecimento e conservacao do nosso patrimonio (sim estas coisas comecam em pequeno) e a segunda, enquanto se faz o mesmo com a populacao mais adulta, promove-se o exercicio convivendo com a natureza junto ao "nosso Mondego", ultimamente tao pouco disfrutado!

Quanto ao primeiro ponto, muito gostaria que depois destas campanhas de limpeza iniciais, a camara municipal lhes desse seguimento mantendo-as e que proporciona-se o conhecimento desta "via romana", com placas sinalizadoras; uma junto ao no do antigo IP5 e outra na rotunda da "zona industrial"!

No que se refere ao Rio Mondego, creio que a praia fluvial prevista para a zona da "Ponte de Juncais", quando terminada, sera uma mais valia para o turismo que se deseja, assim como para as populacoes locais, poderem usufruir uma area encantadora!

Queria ainda neste ponto, deixar novamente uma ideia que ate ja tem barbas e tem sido alvitrada por muita gente; que e a requalificacao das ruinas do antigo lagar e moinho, transformando-as num equipamento virado para a nossa gastronomia regional, na qual pontuam os inevitaveis "Peixinhos do Rio"!

terça-feira, setembro 11, 2007

Agora e que vai!!!

Foi anunciado com pompa e circunstancia, como e apanagio deste governo, na "nossa" cidade da Guarda, que os empresarios que investiram no interior e os proximos investidores, teram os primeiros uma reducao de dez e os segundos de quinze por cento no IRC.
Ja e algo, para ajudar a um mais que desejado desenvolvimento deste interior cada vez mais vazio de gente, no entanto nao creio que seja o suficiente.
E digo que nao e suficiente, porque numa regiao tao perto de Espanha com o IVA muito mais baixo de que nos e com a energia tambem com precos mais reduzidos, devido as liberdades de movimentacao que nos permite a "Comunidade", e muito provavel que mesmo com esses timidos incentivos, os futuros investidores iram mas e para o pais vizinho.
Li recentemente que ate paises com a Franca, tem muitos outros incentivos para beneficiar as populacoes numa area fronteira a Espanha, entao porque nao se faz o mesmo em Portugal?
No entanto embora que timida, tenho que louvar esta iniciativa governamental e esperar que de muitos frutos!
No que toca ao meu municipio, espero que possa usar mais este incentivo para trazer novos investidores e ate porque nao, usar a perrogativa usada recentemente pela autarquia penalvense!

sexta-feira, setembro 07, 2007

O "Queijo Serra da Estrela" ( e eu a dar-lhe!)


Ja por aqui falei varias vezes, do nosso embaixador; o "Queijo", tambem ja me referi que este producto, e produzido maioritariamente no vale do alto Mondego, estando a sua maior producao concentrada nos municipios de Celorico da Beira e Fornos de Algodres.

Ora em Celorico, tem-lhe dedicado mais atencao e ate reconverteram uma construcao antiga, em "Solar do Queijo da Serra", mas muito mais do que isso, o comercio local tem potenciado este producto com casas que se dedicam a sua promocao e ao seu comercio. A camara desde concelho tambem tem promovido os productos regionais no estrangeiro, em Lisboa, no Porto e em muitas feiras regionais!

Pois pela nossa terra os nossos comerciantes pouco para ai se tem virado, embora se possa ver a venda em varios sitios, nao tem a promocao nem o destaque que devia ter, numa terra que ja foi o maior mercado desse producto.

Pouco adiantam as paragonas nos autocarros da autarquia, porque de facto ja nao somos a "Capital do Queijo" e ainda bem, porque estas coisas de "capitais" ja e um "slogan" que esta gasto de mais.

Fomos em tempos inovadores, aquando do acordo com o Instituto do Vinho do Porto, mas pelo que sei devido a inacao do comercio e industria do queijo, foi iniciativa que pouco resultou.

O que eu gostaria de ver era ideias novas, e ate parece que algumas ate podem germinar brevemente.

Por exemplo porque nao aparece nenhuma empresa privada, a abrir uma casa com productos regionais onde o "Queijo" seria o rei na vila de Fornos, e ate outra em Vila Ruiva junto ao "Centro de Ferias do INATEL"?

Alem disso adoraria que sem rivalidades bacocas, existisse uma verdadeira cooperacao, por parte dos dois maiores concelhos productores deste producto de excelencia, o saborozissimo e genuino "Queijo da Serra"!

segunda-feira, setembro 03, 2007

O Centro Cultural de Fornos de Algodres!

Centro Cultural de Fornos d'Algodres, (fotografia retirada do "site" municipal.)

Um edificio onde ou recebi os cuidados medico-infantis, pois ai funcionou o centro de saude nos anos quinquenta e sessenta do seculo passado, onde mais tarde existiu a "Biblioteca Municipal" e que em tempos mais recentes foi quartel da GNR, recebeu recentemente uma excelente requalificacao, e e presentemente o "Centro Cultural" desta nossa vila serrana.

De louvar este aproveitamento de um belo edificio, e tambem da transferencia para ele do "Espaco Internet" de Fornos de Algodres.

So tenho a fazer uns pequenitos reparos, que espero nao caiam em saco roto; O horario deste "Espaco Internet" e de segunda a sexta feiras das 9:30 as 12:30 e das 14:00 as 18:00, portanto com encerramento para almoco e fins de semana. Provavelmente justifica-se o encerramento para almoco, embora noutras terras de outras gentes os servicos tenham horarios continuos, mas estes sao habitos que no nosso pais teimam a nao se impor. Mas o que me choca mais e o encerramento aos sabados e domingos, altura em que nao havendo aulas e as pessoas normalmente nao trabalham, maior utilidade teria, digo eu!!!

Porque sera, que em vez de se dar mais vida a vila aos fins de semana, teimamos em encerra-la para descanso semanal?!.

O segundo reparozito, tem que ver com os fios que se encontram a desfigurar a fachada de um edificio tao bonito. Quando por ai andei ultimamente, ja me tinha dado conta disso, mas como o edificio ainda estava em faze de acabamento de obras, sempre pensei que fossem para retirar, no entanto ali continuam, esperando eu que seja a titulo provisorio!!!

terça-feira, agosto 28, 2007

Setembro no Campo!




Agora que o verao esta no fim e se aproximam os dias calmos de Setembro, quero deixar aos meus amigos algumas sugestoes, que junto de uma natureza nao poluida, podem contribuir para um melhor, bem estar fisico e psiquico.

Desculpem que a maior parte das vezes so me refira ao meu concelho, mas algo parecido acontece por todos os outros municipios desta "Beira" a mais alta.

O "Courelas" http://courelasspots.blogspot.com/ de Fornos de Algodres, para alem do torneio de tenis que se iniciou ontem dia 27 e se prolonga ate ao dia 9 de Setembro. Vai realizar um "Natur Campo"; com uma prova de Todo o Terreno, um passeio de BTT, e um passeio pedestre, havendo tambem lugar a uma exposicao na "Quinta das Courelas", sera nos proximos dias 8 e 9 de Setembro.

Tambem no dia 8 de Setembro, realiza-se a romaria de verao ao santuario de Nossa Senhora dos Milagres, na freguesia da Muxagata. Romaria esta que termina com a abertura dos farneis, a sombra das arvores, junto ao graniticos e historicos penedos! (ou sera "penedros", como diz o povo)

Venham viver a natureza, vendo de frente a nossa serra mais alta, a "Estrela" claro!

sexta-feira, agosto 24, 2007

"Feira Franca de S.Miguel"! Porque Nao?

http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_037.php

Ja ha algumas decadas atraz, realizavam-se integradas nas celebracoes do "Dia de S. Miguel", (feriado municipal) algumas actividades que vinham dar mais vida e trazer mais gente a vila de Fornos; Dentro delas quero destacar a "Feira Franca" e o "Grande Premio das Vindimas".

Como aparentemente o programa deste ano ainda nao esta completo, queria sugerir aos organizadores que se poderia incluir nele a "Feira Franca", e ate reeditar o sucesso da inclusao do comercio local neste certame, a exemplo do que aconteceu nas passadas festas da "Senhora da Graca".

Este ano o feriado municipal calha num sabado, como calculo que sera transferido para sexta ou segunda feira, e uma excelente oportunidade, para a realizacao de um fim de semana com varias actividades, dinamizando ao mesmo tempo o comercio local e ate regional.

Voltando a falar do Grande Premio das Vindimas, porque razao nao reata-lo, ou organizar alguma prova no genero, que poderia dar vida e relevo concelhio a este inicio do Outono.

quarta-feira, agosto 22, 2007

Nao ao Conformismo!

Um recanto de beleza, a contrastar com o fatalismo local!

Se ha coisa que muito me doi profundamente, e o conformismo que pude encontrar nas minhas ultimas visitas a "Terra d'Algodres", ate parece que por parte de uma grande maioria dos meus conterraneos, ja nada se pode fazer e que estamos destinados a extincao.

Encerra-se o SAP e ninguem se manifesta, pois nao ha ninguem a usa-lo! Fecham-se todas as escolas nas freguesias, mas esta tudo bem pois nao ha criancas! Encerra-se o tribunal, que fazer nao ha processos que cheguem! Extingue-se o cartorio notarial nao havendo ninguem que instale um privado, mas tambem nao faz mal Celorico e logo ali! Encerra-se o Seminario e perde-se um ano sem tomar nenhumas providencias para ali colocar um polo dimanizador, mas isso e la com a Igreja! Encerram-se varias pequenas industrias e passa-se vinte anos nada sendo criado ali, permitindo a destruicao dos pavilhoes enquanto a juventude tem que procurar trabalhos por outras paragens, mas nos somos um concelho rural! Ate no turismo que se espera venha dar um alento ao municipio, constroi a Camara um hotel em Vila Ruiva entregando a gestao ao INATEL, e permite-se que em vez de esse organismo promover o nosso concelho, faca isso so em relacao ao de Celorico da Beira!
Podia continuar mas hoje fico-me por aqui.

So queria fazer uma pergunta aos meus conterraneos, porque tanto fatalismo? Que mais tem que acontecer para levantar-mos a cabeca, e fazer como muitos outros que contra a adversidade nao baixam os bracos?

Mais optimismo precisa-se e urgentemente, eu ainda continuo a ver o copo meio cheio e quizera ardentemente que os meus amigos tambem!

segunda-feira, agosto 20, 2007

Enquanto Outros Avancam, Fornos Continua No Marasmo!

Tive recentemente conhecimento atravez de um "blog" de noticias, que a "Escola Profissional de Trancoso" vai instalar na vizinha vila de Aguiar da Beira, um polo escolar daquele organismo de ensino!

A ideia para a instalacao de um polo de uma escola profissional em Fornos de Algodres, ja eu a tinha apresentado neste espaco, aquando da noticia do encerramento do Seminario o ano passado. Parece que devido a inacao de quem de direito no nosso municipio, alguem mais ambicioso e atuante, partiu para a efectivacao do que poderia muito bem ter sido realizado por ca, so tenho por isso que dar-lhes os meus parabens, enquanto lamento a falta de visao e de inacao pelos nossos lados!

Necessita-se como de pao para a boca, de nova dinamica e muito mais accao, no concelho de Fornos de Algodres, lembrando-nos que temos que ser nos a fazer, nao esperar tudo por parte do governo central.

Nem a nova auto-estrada nos valera, se continuar-mos no marasmo de desenvolvimento economico que temos tido. Entao para que nos servirao os edificios e outras comodidades modernas se nao houver gente para deles se servir?!

terça-feira, agosto 14, 2007

"FESTAS DA VILA"! - Fornos d'Algodres (Nossa Senhora da Graca)


Embora um pouco em cima da hora, nao poderia deixar de referir, que se realizam ja neste proximo fim de semana (dias 17, 18, 19 e 20) as "Festas da Vila de Fornos" em honra de Nossa Senhora da Graca, e antes de mais convidar todos os leitores, para visitarem as "Terras de Algodres" nestas alturas que sao de ferias para muita gente.

Seguidamente quero referir e louvar, uma inovacao nestas festas, facto que tive conhecimento atravez do blog do meu amigo Alexandre: http://opinarparavancar.blogspot.com/ .

Pois acontece que o municipio, (organizador da parte profana das festas) decidiu convidar a titulo gratuito, todos os comerciantes concelhios, a exporem e comercializarem os seus productos, no recinto das festas (Mercado Municipal).

Naquele blog fazia tambem o amigo Alex, referencia ao facto de que devido a que nesse mesmo fim de semana, decorrerem festas de muito mais vulto a nivel regional, (Trancoso e Viseu por exemplo) as festas de Fornos tem perdido alguma assistencia e ate prestigio!

Isso que o meu amigo referia ja eu o tenho notado ha alguns anos, e tenho-me interrogado do porque, tenho chegado a conclusao que isso tem acontecido pelos factos referidos, mas tambem pela falta de inovacao.

Pelo que embora sejam ideias para um futuro, aqui deixo algumas dicas que provavelmente deveriam ser equacionadas ja para o proximo ano:


I - Deveria ser pensada uma nova data para estas festas, para nao coincidirem com outras regionais. Quem sabe se nao teriam mais relevancia, se fossem realizadas no quarto fim de semana de Setembro, como o foram por muitos anos!

II - Creio que seria de interesse concelhio, se as festas deixassem de ser "Festas da Vila", passando a ser "Festas Concelhias" ou "Municipais" envolvendo nelas todas as freguesias. Que seriam convidadas a expor as suas particularidades no recinto.

III - As festas deveriam realizar-se no espaco entre dois fins de semana, e caso passassem a ser em Setembro, deveriam coincidir com o feriado municipal englobando nelas as celebracoes de S. Miguel, sendo reatada tambem a Feira Franca, que se chegou a realizar nessa altura.

IV - Deveriam ser convidados, todos os estabelecimentos comercias a abrirem as suas portas aos fins de semana e durante as primeiras horas da noite, dando a Camara o exemplo, abrindo extraordinariamente tanto o Posto de Turismo, como o CHIAFA (Museu Arqueologico).

V - Dentro no ponto II, mas ja na parte religiosa deveria-se declarar a Nossa Senhora da Graca, como padroeira do municipio, pois alem de Fornos esta invocacao da Virgem e a patrona das freguesias de Vila Ruiva, Sobral Pichorro e Fuinhas e como Senhora das Gracas em Figueiro da Granja, havendo ainda uma capela com a mesma invocacao no Casal Vasco pelo menos.
Seriam entao convidadas todas as freguesias, a participar nas celebracoes e procissao solene, com um andor da invocao mariana de mais devocao em cada uma delas!

Estas simples ideias nao envolveriam muitos gastos financeiros, trariam decerto mais gente e renome as nossas festas, mas fundamentamente fariam com que as freguesias se sentissem mais unidas a vila!



domingo, agosto 12, 2007

"As "Courelas" e suas actividades"!


Na vila de Fornos e ja bem conhecida a "Quinta das Courelas" e o seu restaurante de excelente comida regional.
No entanto e integrado nesse complexo existe o "Courelas Sport Club de Campo" que durante todo o ano organiza muitas, variadas e inovativas actividades.
Neste mes de Agosto, que para muitos e de ferias, vai este club realizar a primeira semana desportiva, consta de: Tenis de Praia, Fut Volei e Volei de Praia. Sera nos dias 20 a 23 .
Tambem e iniciar-se no dia 25 com termino no dia 9 de Setembro, vai o "Courelas" realizar o II Torneio de Tenis.

Para a primeira actividade encontram abertas as inscricoes ate ao dia 18, e para a segunda ate ao dia 24 e podem faze-las aqui: http://courelassports.blogspot.com/

A "Quinta das Courelas", encontra-se junto a vila e para alem do restaurante, tem um bar tipico, um ginasio, varios campos desportivos, area de recreio infantil, piscinas de "agua salgada", etc.

Venham ate a Beira mais alta e nas "Terras d'Algodres", podem gozar de ares purissimos, de paisagens de grandiosa beleza, de historia e arqueologia, enquanto praticam desporto, que faz bem ao corpo e a mente!

Para alojamento, alem das muitas opcoes de turismo rural quero deixar duas sugestoes: http://www.inatel.pt/Turismo/falgodres.htm

sexta-feira, agosto 10, 2007

segunda-feira, agosto 06, 2007

As "Zonas Industriais" e o "Seminario!!!

Estou convicto que a razao principal, do continuo fluxo de saida de gente do concelho de Fornos, nos ultimos cinquenta anos, tem sido a falta de visao de futuro por parte dos dirigentes municipais.
Anteriormente a celebre revolucao de Abril, provavelmente nao se podera imputar grandes responsabilidades aos autarcas, pois eram uns puros "verbos de encher'. Mas o mesmo nao se podera ou devera dizer de entao para ca, porque comecaram a ter dinheiro e liberdade para modificar as coisas.
Depois dos anos de inacao, durante os quais outros municipios como por exemplo; Celorico e Aguiar, se comecaram a desenvolver, parecia que com a "chicotada partidaria" (por ca tem sido sempre o mesmo partido no poder!) algo iria mudar. De facto mudou; investiu-se muito em infraestruturas necessarias, imaginando que com elas se iria estancar o despovoamento, mas embora elas sejam necessarias e desejaveis, o mais importante e a existencia de empregos, ( queria dizer trabalhos) porque sao eles que retardam e ate eliminam, o desejo de ir para outras paragens.
Vou apresentar um exemplo do que parecia comecar bem e nao se concretizou: "A(s) Zona(s) Industriais"; a primeira que nasceu devido a mente de abertura de alguma geracao mais nova, junto a "Quinta do Alemao" ainda que tenha tido um inicio que parecia promissor, e para alem de dispendio de verbas mal aplicadas nos ultimos 25 anos, nunca se tornou num verdadeiro polo de desenvolvimento. (nem a capelinha de S. Judas Tadeu, suposto padroeiro da industria, nos tem valido!!!)
Enquanto muitas autarquias, oferecem enormes vantagens em verdadeiras zonas industriais para futuros investidores, nos por ca passadas quase trez decadas, nem uma rede de aguas e saneamento em condicoes ai temos, temos uma rede electrica deficiente e nem as ruas temos pavimentadas.
Entretanto e enquanto tudo isto acontece, toca a gastar noutra "pretenca zona industrial de Juncais", para a qual prevejo futuro semelhante.Vai-se gastando verbas em obras de fachada, que tambem fazem falta, mas deviam estar numa segunda linha de prioridades!
Continuam a existir oportunidades e ideias, que a serem aproveitadas bem podem fazer a diferenca, mas enquanto nao se mudar de rumo de pensamento, nao prevejo grande futuro para Fornos e seu concelho.
Entre as novas oportunidades, existe agora o encerramento e previsivel alienacao do Seminario por parte da diocese.
Faco sinceros votos, que esta oportunidade seja aproveitada, e possa ai existir brevemente um polo de desenvolvimento com resultados, que se traduzam em trabalhos para a gente concelhia e ate da regiao.
Ja em 15 de Marco, apresentei uma ideia para esse desaproveitado espaco, provavelmente sera utopica demais, mas pelo menos e uma ideia, fico a espera de outras mais, por parte dos meus amigos leitores.
Que anteveem possa ser instalado na "Quinta do Seminario"?

segunda-feira, julho 23, 2007

Um serrano na "Serra", a Estrela claro!


As "Maias" floridas no mes de Julho, junto ao "Mondeguinho"!


Nas minhas pequenas mas bem movidas ferias, fui ate a "nossa Serra", gostei da injeccao de natureza e desgostei de algumas coisas, mas a minha intencao e mais valorizar o que e bom. Adorei por exemplo ver as "maias" floridas em pleno mes de Julho!
Porque nao aproveitam estes meses normalmente de ferias e, vao tambem ate a serra mas alta do continente portugues?

sexta-feira, junho 29, 2007

A Divida de Fornos e o segredo de Aguiar!!!

Foi publicada recentemente uma lista, que nao e nada lisongeira para Fornos de Algodres, pois de acordo com ela, este municipio e o quinto mais individado!!!
Provavelmente nao se poderam contestar estes numeros, e sera verdade, pelo que so temos que lamentar-nos pela situacao.
Sei muito bem que essa divida foi contraida, para desenvolver estructuralmente o concelho, e felizmente ha muita obra feita, poderam-se discordar ou nao das opccoes, mas e um facto inegavel.
No entanto pegado a nos, existe o municipio de Aguiar da Beira, que oposta a nossa situacao, e dos concelhos mais bem cotados economicamente. Ora sabendo eu que tambem ai houve um enorme desenvolvimento, como foi ele possivel sem se endividarem???
Como tenho conhecimento das boas relacoes entre os autarcas destes dois municipios, queria sugerir aos da minha terra, que pedissem o segredo as gentes aguiarenses, para que situacoes como esta se possam solucionar!
Ser natural de um concelho, que e dos primeiros entre os ultimos, e uma situacao que nada nos alegra, dispensava muito bem este quinto lugar!!!

segunda-feira, junho 25, 2007

Em Julho, "Mexamo-nos" Tambem!

Cartaz subtraido (sem autorizacao) do: http://www.sebentadeideias.blogspot.com/

Pelo que me tenho dado conta, a campanha; "Mexa-se" veio para ficar pelas "Terras de Algodres", ja aqui louvei a iniciativa, pois principalmente numa regiao de envelhecimento acentuado, exercitando o corpo torna-se tambem o cerebro mais disperto e disposto a actuar.

Dito isto so me resta acrescentar; "vamos entao mexer-nos", literalmente e nao so, para que com corpo e mente exercitados, possamos fazer frente as dificuldades da vida, lutando pelo progresso pessoal e colectivo.

Pela minha parte preparo-me para me mexer tambem, neste caso sera ir passar umas semanitas nas terras que me viram nascer. Decerto alguns amigos teram oportunidade de me ver mexer por ai!

terça-feira, junho 19, 2007

III ENCONTRO GASTRONOMICO!

"A Tradicao...Hoje". Cartaz subtraido do "Sebenta de Ideias"

Pelo terceiro ano, vai realizar-se ja no proximo dia 1 de Julho, no municipio de Fornos de Algodres, mais um Encontro Gastronomico. Tive conhecimento deste evento atravez do "blog": http://www.sebentadeideias.blogspot.com/, pois o site camarario, creio que fizeram um contracto para so ser actualizado semestralmente. (falta de dinheiros!)

Quero portanto deixar um convite a quantos gostarem de Arqueologia, Tradicao e Gastronomia, para virem conhecer uma realidade diferente. E muito provavel que possam encontrar este vosso amigo por la, pelo que teria todo o prazer de conhecer amigos virtuais, que desejem passar pelas "nossas terras", por altura deste evento.

sexta-feira, junho 15, 2007

Notas ao "post" anterior!

- O amigo Alexandre;http://opinarparavancar.blogspot.com/, questionava a minha opiniao, acerca do facto de alegadamente se ter investido cerca de um milhao de "contos" no "Solar" de Vila Ruiva, para criar so vinte e tal postos de trabalho! De facto se foi essa a quantidade considero um pouco exagerado, provavelmente teria havido melhor resultado, se fosse investido noutra area. Mas criar postos de trabalho e sempre bom.
Por falar em investimentos discutiveis, dou-me conta tambem de que tem sido um bom sumidoiro de dinheiro, a futura "zona industrial de Juncais".
Ainda ai nao foram construidas nenhumas infra-estruturas para alem de terraplanagens, pelo que nao creio que se consiga convencer ninguem a instalar ai seja o que for, constactando que existem imensos municipios, a oferecerem muito mais e melhores condicoes!

- Ja o tambem fornense e amigo Magno; http://geocritica.blogspot.com/, explanou no seu comentario varias potencialidades, que sem duvida podem gerar muitas mais valias, e que se encontram inaproveitadas. Referiu a materia florestal para producao de energia, a biomassa, as potencialidades aero-geradoras e ate aproveitar os residuos de bagaco olivicola. A todas estas eu acrescento uma outra; porque nao uma empresa de exploracao de granito, para construcao e decoracao, ali junto da materia prima em quantidade!

- Como me referi ao INATEL e ao "Solar de Vila Ruiva";http://www.inatel.pt/Turismo/falgodres.htm queria tambem fazer um reparo: Compreendo que o tipo de ferias promovidas por esse organismo, nao se podem dedicar unicamente ao concelho em que existe a facilidade e devem englobar a regiao proxima. Mas publicitar exclusivamente os eventos e monumentos do concelho de Celorico da Beira em detrimento dos de Fornos de Algodres, e quanto a mim uma omissao enorme para nao dizer pior.
Ja ha algum tempo por "email", lhes manifestei o meu reparo e desagrado, mas continua tudo na mesma. Sera que a Camara de Fornos, proprietaria do Centro de Ferias, nao se da conta destas coisitas?!

segunda-feira, junho 11, 2007

O Turismo sera suficiente?

"Solar de Vila Ruiva"; Centro de Ferias da Inatel.
http://www.inatel.pt/Turismo/falgodres.htm

Tenho visto com algum agrado que o municipio de Fornos d'Algodres, a exemplo de muitos outros, se tem virado para o turismo e para as actividades economicas a ele ligadas. Constacto tambem a realizacao periodica de actividades desportivas, ludicas e patrimoniais, de todo do o terreno, de natureza e do ambiente, patrocinadas pelas autarquias e pelos clubes e associacoes municipais.

Sabendo-se que a agricultura e coisa do passado, que as florestas arderam na sua quase totalidade e que ate o "Queijo da Serra" de confeccao artezanal tem os dias contados, a minha pergunta e a seguinte: Sera que as actividades turisticas por si so, sao bastantes para uma economia sustentavel na "nossa terra"?

Esperava ver mais divercidade economica, pois nao gostaria que as novas geracoes, a exemplo da minha, tivessem que buscar em terras estranhas, as condicoes de vida que na nossa de origem nao conseguem.

terça-feira, junho 05, 2007

Toca a Mexer, Fornos de Algodres!


A campanha "Mexa-se", continua a mexer no municipio de Fornos. Sao de louvar estas iniciativas, pois o exercicio faz bem em todas as idades!

Seria tambem de muito bom tom, usar este dinamismo e comecar a mexer outras areas, que trouxessem trabalhos e desenvolvimento.

Isso espero, porque a esperanca e a ultima a morrer. Alem disso dizem que e verde, uma das cores da bandeira de Fornos, e a minha cor preferida.

quinta-feira, maio 31, 2007

Vamos Negociar?!

Um dia destes quando visitou Oeiras, para inaugurar um Centro de Saude Familiar, o senhor ministro da saude disse mais ou menos isto: "As autarquias que tem negociado com o governo, tem tido bons resultados!".
No seguimento de inquietacoes minhas, expostas na entrada anterior, queria fazer uma pergunta, que provavelmente nem tera resposta:
E a autarquia fornense, ja tera experimentado negociar com o governo, contrapartidas pelo encerramento do SAP?
Nao e que espere muito deste governo, pelo passado recente de encerramentos a torto e a direito, mas tentar nao custa nada. Ou sera que o governo so negoceia com as autarquias do litoral?
Ja diz o nosso povo: "Quem nao pede, (neste caso, negoceia) nao mama!".
Aparentemente!!!

segunda-feira, maio 28, 2007

Um Requerimento! (Desejado)

Exmo. Senhor Ministro da Saude:

A provedoria e todos os irmaos, da Santa Casa da Mesericordia de Fornos de Algodres, tendo em conta os paragrafos abaixo descritos, (ou ainda outros mais) vem muito respeitosamente expressar o seguinte requerimento:

1- Existindo em Fornos, um hospital desde pelo menos o seculo XVII.

2- Havendo Irmandade da Mesericordia desde 1666, que desde essa altura se responsabilizou pelo hospital.

3- Possuindo esta o edificio do antigo hospital, recuperado e a espera de utilizacao.

4- Ficando a vila de Fornos a uma distancia equidistante as cidades da Guarda e Viseu.

5- Considerando as ligacoes excelentes tanto rodoviarias como ferroviarias.

6- Ficando esta vila incluida dentro e uma area de acentuado envelhecimento.

7- Considerando os dados que atestam, o economissismo que se podia dai obter.

8- Tendo em conta as promessas de contrapartidas, devidas pelos encerramentos dos SAP.

9- Sabendo nos da abertura deste governo, para a solucao dos problemas da terceira idade.

10- Estando convictos que o Senhor Ministro, esta interessado em melhores servicos para o interior de Portugal.

Vimos muito atenciosamente requerer a Vossa Excelencia, a constituicao neste edificio inaproveitado, de um Hospital de retaguarda ou de servicos continuados.

Como estamos convictos da justeza do nosso pedido, e sabemos que a prioridade deste governo e poupar dinheiro dos contribuintes, estamos convictos de que nao nos ira negar este nosso requerimento!

Assinam muito respeitosamente:

O provedor e todos os irmaos da mesericordia de Fornos de Algodres. (e a populacao em geral)

Que me dizem a um requerimento do genero!!!

quinta-feira, maio 24, 2007

"ROTA NEOLITICA", XIX, o "CHIAFA"!

"Casa da Justica" de Fornos de Algodres, em cujo andar inferior se encontra o "CHIAFA".

Na minha proposta "Rota Neolitica" ou "Dolmenica", tendo como ligacao principal a auto estrada 25, deveria ter a sua saida em Mangualde caso se venha do litoral, ou em Fornos de Algodres caso se venha dos lados da "raia".

Desde ai, cada qual escolheria a rota que deseja-se, visitando as varias antas ja por mim descritas nas entradas anteriores. Para que a visita seja mais documentada, nalgum ponto deveria incluir uma passagem pelo CHIAFA, ( Centro Historico de Investigacao Arqueologica de Fornos de Algodres) http://www.cm-fornosdealgodres.pt/idx_ha.htm, para se poder ter uma ideia melhor, de como eram essas civilizacoes antigas.

Nestas coisas da cultura tambem deve estar incluida a gastronomia, nao fazendo propaganda a nenhum estabelecimento especifico, quero lembrar algumas das coisas boas destas terras: O cabrito ou borrego assado no forno, as murcelas e os chouricos beiroes, o "queijo da serra", o requeijao, os pasteis de feijao, e o famoso "vinho do Dao", entre tantas outras coisas.
Ao terminar, quero fazer votos que para algo tenham servido, estas minhas entradas sobre as "Antas, Dolmens ou Casas da Orca"

quarta-feira, maio 23, 2007

O Senhor Pinho, a politica governamental e a Beira!

Definitivamente o senhor ministro Pinho, nao da uma para a caixa, desta vez sao os 500 postos de trabalho perdidos na Guarda, que vao ser compensados com outros poucos (temporarios) em Castelo Branco?! Como se Castelo Branco nao estivesse por sua vez necessitado de muitos mais!
Ja ha muito que este (des) governo, com as suas medidas economissistas e eleitoralistas, tem abandonado todo o interior e a "nossa Beira". Para alem de encerramentos de servicos de toda a ordem e em quase todas as areas, sem haver promocao de novos investimentos, e com os encerramentos das poucas industrias que por ca ainda havia, a "Beira" mais interior continua a caminhar mais e mais para uma desertificacao ainda mais acentuada.
Falou-se de projectos que podiam fazer alguma diferenca, IKEA, Iberdrola, por exemplo, mas ou por falta de dinamismo local, mas e principalmente por falta de vontades governamentais, nao se iram materializar por ca, mas sim na faixa litoral.
Para quando projectos de desenvolvimento dignos desse nome para as nossas terras?
Ja estou farto de ouvir falar em encerramentos, dem-nos senhores ministros alguma boa noticia se fazem favor, e senhor Pinho cale-se de vez, que o senhor nao sabe o que anda para ai a dizer!!!

terça-feira, maio 22, 2007

O meu "MEME"!

Este ja e o meu terceiro desafio, e como e a terceira e de vez, venho agora publicar o meu "Meme"! Se nao sabem o que e, vejam aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/meme

O primeiro a desafiar-me foi o meu amigo Pete: http://petemichael.blogspot.com/

Seguiu-se este amigo de Alcobaca: http://ecosecomentarios.blogspot.com/

Agora foi a vez da "serrana", Avelana: http://avelana.blogspot.com/

Entao aqui vai, (desculpem nao ser original, o mesmo pode ver-se em): http://www.ruadajudiaria.com

"Quem e o sabio? Aquele que aprende com todos"!." Bem Zoma, Pirkel Avot, 4:1" .

Este principio tambem o trato de por em pratica, desde que me conheco como homem.

Deveria seguir esta corrente e desafiar alguns amigos, mas sem querer ser desmancha prazeres, fico-me por aqui, com as devidas desculpas aos amigos acima.

domingo, maio 20, 2007

A Marca: "SERRA DA ESTRELA"!

Belos exemplares do "Cao Serra da Estrela". Ate aqui se pode ver a "nossa diferenca"!

Tenho lido que pelas bandas da Covilha, anda um senhor Patrao preocupado com o facto, de quererem acabar a marca turistica "Serra da Estrela"!

De facto esta "marca" por si so tem vendido e podera vender muito mais, se for bem divulgada e gerida, e provavelmente perdera algo, se for inglobada numa marca "Centro" que pretendem criar. (Que falta de criatividade, terem que usar um termo geografico que ate nem reflete a realidade!)

A regiao da Serra da Estrela, e uma regiao com um tamanho razoavel, (quase tao grande como o Algarve) para merecer ser considerada sozinha, e tem motivos mais que suficientes para se afirmar por si so.

Mas o que me quiz parecer nas afirmacoes do senhor Patrao, foi um receio de poder perder o poleirito, que ate considero nao merecer.

A regiao de turismo da Serra da Estrela, em meu ver tem-se praticamente virado quase em exclusividade para a encosta sul da "Serra", sera talvez por isso que os autarcas do norte dela, possam ver vantagens numa regiao mais abrangente.

Eu sou a favor de uma regiao turistica da "Serra da Estrela", mas gostaria que fosse com uma visao global de toda a serra e sua abrangencia, aproveitando a potencialidades do seu todo. Sou tambem a favor de terminarem com ideias de projectos como; Casinos, aldeias de montanha, e turismo de neve, quando neve cada vez ha menos. Sou muito mais a favor de um turismo de natureza, cultural, gastronomico, monumental e paisagistico, etc. Ai sim, "somos diferentes e por isso podemos ser referencia"!


sexta-feira, maio 18, 2007

"ROTA NEOLITICA" VIII - "Casa da Orca das Corgas".

"Casa da Orca das Corgas".


Nesta que e a penultima entrada sobre a proposta "Rota Neolitica" ou "Dolmenica", desta zona da Beira, vou referir-me a outra Anta das "Terras de Algodres"; a "Casa da Orca das Corgas" situada na freguesia da Matanca, no municipio de Fornos de Algodres. Tera existido uma outra anta entre Maceira e Queiriz, que se encontrava arruinada ja em 1938; (Pinheiro Marques, Terras de Algodres) sera que alguem nos pode informar de possiveis vestigios ou localizacao?

Esta Anta da Matanca e provavelmente o monumento mais representativo do concelho, tendo sido adoptado para "logo" municipal. Foi estudada e divulgada por Leite de Vasconcelos no seculo XIX, e novamente escavada e consolidada por arqueologos da Universidade de Coimbra, no ultimo quartel do seculo XX. A recuperacao foi complementada com area de proteccao e placa indicativa, e facilmente visitavel por uma ramal pavimentado, que entronca na estrada Fornos-Matanca.

Ja aqui referi o interessante facto, desdes dolmens serem por estas bandas identificados popularmente por: "Orcas" ou "Casas da Orca", embora sem estar completamente seguro, creio que estas designacoes sao originarias destas terras da Beira!

Continuo a fazer votos, para que alguem com "poder" possa aproveitar esta minha ideia, e que ela seja usada para um maior entendimento e cooperacao entre municipios vizinhos, creio ate que e para ai que aponta o novo "Quadro de Apoio".

Entretanto deixo no ar uma fraze ja mais vezes mencionada: "Sejamos diferentes, para sermos referencia"! Este "Diferentes" tanto pode ser para a "originalidade", como para uma cooperacao que se espera e deseja.