quarta-feira, dezembro 28, 2011

Feliz 2012 a todos! "A diferenca e a nossa referencia".


Enquanto desejo um bom ano de 2012, a todos os meus amigos leitores e, porque tenho muito gosto acima de tudo, em divulgar tudo quanto de bom, se vai fazendo na minha terra natal, (Fornos de Algodres) quero deixar a quantos possam, um convite:

Venham ate a regiao da  Serra, a "Estrela" pois claro e, facam a passagem do ano, na antiga, bonita e dinamica freguesia de Juncais!

Podem crer, que nao ha nada como uma deliciosa sopa de urtigas, para aquecer a noite da passagem de ano.

FELIZ ANO DE 2012!  A todos.

domingo, dezembro 18, 2011

O Orgulho Patrio e o Natal!

O nosso simples presepio!
Se ha alguma coisa que admiro, (e sao poucas essas coisas) aos nossos vizinhos castelhanos, (queria dizer espanhois) e o seu orgulho patrio e, a perservacao de tradicoes centenarias!
Podia falar de varias dessas tradicoes, mas como estamos em epoca natalicia so vou referir a "festa dos Reis Magos" que como sabem se celebra, ou devia celebrar no dia 6 de Janeiro.
No pais dos "nuestros hermanos" o dia 6 de Janeiro e um feriado nacional de maior envergadura, que representa a dadiva divina a todo o mundo. E neste dia que os espanhois fazem a entrega de presentes as criancas, pois tambem foram os magos, quem iniciou a tradicao da entrega de presentes, neste caso a um menino, o Jesus!
Quando eu era crianca (anos cinquenta e sessenta) o nosso Natal portugues na Beira mais alta, girava em volta do nascimento de Jesus ( o Yashua judaico) e, era o presepio o centro destas celebracoes!
Havia tambem o madeiro junto a igreja, ou no largo principal da aldeia, e havia os sapatinhos junto da lareira, para o menino Jesus nos colocar ai os presentes, que muitas vezes nas casas mais pobres, eram um simples chocolatezito ou umas meias, mas que enchiam de alegria as nossas cabecinhas de crianca!
Nessses tempos ainda nao tinha chegado as nossas aldeias; o "pai natal", nem as "arvores de natal", estas tambem significativas, mas que aos catolicos nao deviam dizer nada, pois sao uma tradicao protestante!
Provavelmente vao chamar-me saudosista, e dizer que estas coisas sao tretas, mas nestes tempos de crise financeira e economica, mas e fundamentalmente muito mais de valores, o nosso Natal devia ser essencialmente mais uma festa familiar, onde se nao desse muito valor ao material, coisa que nestes tempos ate vinha a calhar!
Pela nossa parte, na minha familia, ja ha anos abdicamos de consumismos estereis nesta epoca e, ja deixamos de fazer arvore de Natal!
Em nossa casa, a Sagrada Familia esta em lugar de destaque, ate ao dia de Reis.
Desejo a todos quantos me lerem, umas Festas Felizes, de Chanuka, de Natal, de Ano Novo e de Reis!

"Jesus is the reason for this season"!!!

sábado, dezembro 10, 2011

Fornos e a "Serra"!

Quem quizer apreciar a plenitude, da encosta norte da nossa maior "Serra", a "Estrela" pois claro, deve faze-lo da "terra de Algodres" (municipio de Fornos de Algodres)!
Tanto de dia como de noite, mas principalmente de noite, e das coisas mais bonitas que se podem apreciar!
Se duvidam venham ca, e confirmaram que tenho razao.

Vista da Serra da Estrela! (imagem retirada do "Facebook")

domingo, novembro 13, 2011

Para Quem Gosta de Miscaros e Tortulhos, VIII passeio Micologico!

Pelo Municipio de Fornos de Algodres, vai-se realizar o VIII Passeio Micologico, no proximo dia 26 deste mes de Novembro!
Tem sido todos os anos, uma actividade bem organizada e com informacoes muito uteis, proporcionadas por pessoas qualificadas e creio que este ano nao sera excepcao.
Nos meus tempos de garoto e jovem adulto, nos so comiamos os "miscaros amarelos" e os "tortulhos", mas pelo que tenho sabido, existem outras variadades comestiveis e estas informacoes sao importantes para melhor conhecimento.
Estao de parabens todos os intervenientes nesta organizacao e, a todos quantos me lerem deixo um convite; participem e veram que sera um dia diferente, mas muito bem passado.

Na diferenca e que esta a vantagem: SENDO DIFERENTES, SEREMOS REFERENCIA!

Vejam mais informacao e ficha de inscricao aqui: www.cm-fornosdealgodres.pt

segunda-feira, novembro 07, 2011

Por "Terras do Deus Mercurio" I

Venham conhecer a altaneira Freguesia de Infias, e participar no Primeiro Circuito, "Por Terras do Deus Mercurio".
Sobranceira a Vila de Fornos de Algodres e, a sensivelmente a 3 quilometros da A25, Infias e uma terra onde se tem encontrado muitos vestigios da romanizacao, na fachada da sua Igreja Paroquial existe uma pequena lapide dedicada ao; "Deo Mercvri"!
Mas ainda que nao venham participar neste circuito, podem vir ate nos na mesma, porque para alem da Igreja, temos um pelourinho, o edificio onde funcionou a Camara e Tribunal, com uma belissima janela do seculo XVIII, sepulturas escavavadas na rocha, o lugar da forca, cruzeiros de varias epocas etc, etc. Nao esquecendo as paisagens e vistas soberbas, sobre a parte norte da nossa "Serra", a Estrela pois claro!
Por alguma razao chamamos a nossa terra: "Varanda da Serra"!

quarta-feira, novembro 02, 2011

Dia de Fieis Defuntos!

Neste dia 2 de Novembro, celebra a Igreja Catolica, o "Dia dos Fieis Defuntos". Este dia foi criado devido a Igreja ter declarado o "Dogma do Purgatorio",  e ter feito uma grande envangelizacao sobre este "Dogma", principalmente depois do Concilio de Trento no seculo XVI, em oposicao a Reforma Protestante!
Embora possam ter origem nos pequenos monumentos, que os romanos colocavam junto as estradas e principalmente nos cruzamentos destas, em homenagem aos seus deuses, estou convencido que as alminhas, que se encontram junto as estradas, sao o reflexo em Portugal da propagacao do "Dogma do Purgatorio" entre o povo cristao.
As "alminhas" sao muito mais frequentes, do rio Tejo para cima, pela simples razao de que os catolicos a norte deste rio, sao ainda hoje mais assiduos a igreja, mas tambem porque eram regioes muito mais povoadas ate principios do seculo XX, quando estes pequenos monumentos entraram em declinio!
Embora se possam encontrar ainda, algumas alminhas mandadas fazer no seculo XX e, sabemo-lo porque se encontram datadas, (no Municipio de (Fornos) D'Algodres, conheco algumas) a maior parte sao anteriores a este seculo suponho eu!
Por alguns exemplos por mim conhecidos, as alminhas foram erguidas, em memoria de pessoas que morreram no lugar onde estas se encontam, ha casos em que ate se encontram em lugares fora de caminhos ou estradas principais, mas a grande maioria encontram junto destes. Por vezes por razoes de forca maior, ou conveniencia, foram deslocadas dos lugares originais, mas sempre para relativamente perto, eu conheco dois casos na minha freguesia natal, (Vila Cha "d'Algodres").
Estas que vos apresento nesta entrada, encontram-se em Vila Cha, na estrada que vem de Cortico e como vem, estam incorporadas num muro. Nao conheco nenhum facto relacionado com a sua construcao que e anterior ao seculo XX, a unica coisa que sei, e que a estas alminhas vinha uma procissao de ladainhas, no dia em que o antigo concelho de Algodres, devia cumprir o voto a Senhora dos Verdes de Forninhos.
A esta procissao ainda assisti em crianca, na decada de sessenta do seculo passado, mas creio que ja se nao realiza. Penso que o facto da procissao se realizar a este lugar, tem que ver com a localizacao geografica da capela de Nossa Senhora dos Verdes, em relacao a Vila Cha.
Esta entrada e em memoria de todos os falecidos, que especialmente sao lembrados neste dia!

quarta-feira, outubro 26, 2011

A Agregacao de Freguesias!

Tanto quanto sei, deverao ser as assembleias de freguesia depois de ouvirem as populacoes, a proporem a sua vontade, sobre a agregacao de freguesias, de acordo com os parametros apresentados no "Documento Verde" (que por sinal tinha a capa azul).
Embora residente a maior parte do ano, neste pais de acolhimento (USA), sou no entanto eleitor e residente da freguesia de Infias do Municipio de Fornos de Algodres, portanto tambem tenho e posso ter, opiniao sobre esta materia, que podera afectar ou nao, a minha freguesia de "residencia", mas afecta de certeza a minha de naturalidade (Vila Cha "de Algodres").
Portanto e deixando de parte as outras freguesias, para as pessoas a elas afectas, vou deixar aqui a minha opiniao, acerca destas duas.
Quanto a minha querida aldeia natal, devido a ligacoes familiares ancestrais e, de proximidade, creio que se devia agregar a Cortico e a Maceira, formando assim uma freguesia com o total de 454 habitantes de acordo com o ultimo censo. Talvez ate fizesse algum sentido agrega-la a Figueiro da Granja, mas devido a rivalidades antigas, ainda hoje acentuadas, com esta freguesia e, pelo facto de ser esmagada pela grande diferenca de habitantes, creio que o mais sensato seria a primeira opcao!
Quanto a Infias seria sensato agregar-se com a freguesia do Casal Vasco, formando assim uma freguesia com 469 habitantes. Mas devido a proximidade e pelo facto da area urbana, quase se encontrar pegada a Fornos de Algodres, nao veria com maus olhos esta uniao, que em caso de um futuro progresso, que se deseja e se necessita, podia ser o embriao de uma futura cidade!
Gostava de que a gente da minha terra, disse-se algo da sua justica, mas parece que alguem os proibiu de comentar nos meus blogues, pois nem "tugem nem mugem"!!!

sexta-feira, outubro 07, 2011

Reorganizacao! O livro verde e as suas incongruencias

Como referi na entrada anterior, os numeros que eu tinha, eram os de eleitores nas ultimas eleicoes; nao consigo entender, como se pode ter mais eleitores que residentes e, esta e a primeira incongruencia!
Entretanto consegui os numeros relativos ao senco deste ano, entao ai as coisas mudam muito o cenario.
Primeiramente Queiriz e Juncais ja nao qualificam com o numero magico de 300 habitantes ou mais, pois a primeira freguesia so tem 260 e a outra 286.
Maceira e Matanca que eu tambem pensava andarem perto, a primeira so tem 228 e a segunda 243. Debaixo deste cenario, so Fornos de Algodres, Figueiro da Granja e Algodres, com 1627, 414 e 349 habitantes respectivamente, sao as unicas freguesias que se podem manter!
A segunda incongruencia pude encontra-la no "Documento Verde da Reforma da Administracao Local";
Porque na grafico das freguesias a manter, no municipio de Fornos de Algodres, para alem das tres acima referidas e que tem acima de 300 habitantes, aparecem tambem Infias que tem 242 e Casal Vasco que so tem 227 habitantes. Se como e sabido, nenhuma destas duas freguesias fica a mais de 15 da sede concelhia, (de acordo com o grafico nenhuma fica) entao qual e o criterio?
Todas as restantes sao para agregar! Agora nao explica se sao para agregar com as que ficam, ou se sao para se agregarem entre si, para prefazer pelo menos o tal numero!
Neste cenario e caso sejam para se agregarem entre si eu sugeria o seguinte:
Queiriz-260, mais Sobral Pichorro-209 e Fuinhas-92, total 561 habitantes.
Muxagata-241,com Vila Cha-82 e Cortico, total 467 habitantes.
Maceira-228, com Matanca-243, total 471 habitantes.
Vila Ruiva-168, mais Juncais-286, e Vila Soeiro do Chao-176, total 630 habitantes.
Infias-242, com Casal Vasco-227, total 469 habitantes.
Algodres -349 habitantes.
Figueiro da Granja- 414 habitantes.
Fornos de Algodres- 1627 habitantes.
De 16 juntas de freguesia actuais, passavamos a ter somente 8.
No entanto temo que pretendam reduzir ainda mais!

quarta-feira, outubro 05, 2011

A Reorganizacao e Fornos de Algodres!

Ouvi segunda-feira com muita atencao, o programa "Pros e Contras" da RTP, prestei atencao as varias opinioes e, embora me custe muito admitir a agregacao, ou extincao de freguesias, e um tema em que tenho pensado ha ja muito tempo, tendo ate ideias proprias a este respeito, no que refere ao meu querido municipio de Fornos de Algodres.
Ate nem desgostei muito, das opcoes que o ministro apresentou, pois em municipios que tenham perdido mais do que 10 por cento da populacao, como e o caso de Fornos de Algodres, poderem continuar freguesias com pelo menos 300 habitantes, ou no caso de mais de 15 quilometros de distancia da sede concelhia, 150 habitantes, ate que nem e mau de todo!
Assim no nosso municipio, baseando-me os ultimos numeros eleitorais, que sao os que tive acesso, sem contar a freguesia de Fornos, so quatro (4) freguesias poderam continuar tal como estao: Algodres, Figueiro da Granja, Juncais e Queiriz.
Maceira e Matanca estao perto do numero e talvez consigam manter-se mas e incerto, quanto as outras teram que agregar-se!
Entao temos que para conseguirem 300, ou mais habitantes, Sobral Pichorro e Fuinhas teriam que ter uma unica junta de freguesia, pois embora pela distancia Fuinhas pode-se qualificar, nao tem pelo menos 150 habitantes.
O mesmo passa-se com Vila Cha, (a minha aldeia querida) que teria que juntar-se a Muxagata, pois com Cortico nao conseguiram entre as duas, prefazer o numero magico de 300, porque pela distancia nao qualificam, pois ficam todas elas a menos de 15 quilometros de distancia da sede concelhia.
Casal Vasco e Infias teriam que agregar-se tambem e assim andariam a volta de 450 habitantes. Vila Soeiro do Chao e Juncais la teram que juntar-se novamente quer gostem ou nao.
E depois deste cenario restar-nos-iam Vila Ruiva e Cortico e as opcoes seriam estas:
Vila Ruiva juntava-se a Juncais e Vila Soeiro, o que ate nao seria ma ideia e ja ficava uma freguesia com oitocentos e tal habitantes. Ou entao o que era preferivel, passava Vila Franca da Serra para o munipio de Fornos de Algodres, (o que fazia sentido, e so ver o mapa) e agregavam-se as duas!
Quanto a Cortico, ou se juntava a Algodres, ou a Matanca, ou entao o que fazia para mim mais sentido, a Vila Cha e Muxagata.
Bem sei que e doloroso ver-mos isto passar-se, mas infelizmente temos que ver perder autonomia administrativa, a freguesias centenarias varias vezes.
Gostava que os meus conterraneos comentassem e apresentassem tambem cenarios, para esta inevitavel situacao!

sexta-feira, setembro 09, 2011

II Rota das Formigas




Para celebrar condignamente as Jornadas Europeias do Patrimonio, vai realizar-se no municipio de Fornos de Algodres a II Rota das Formigas, neste ano a rota inicia-se no Sobral Pichorro e termina na emblematica Fraga da Pena.
Consiste de  um passeio nocturno, (em noite de lua cheia) com uma teatralizacao da lenda da Fraga da Pena, "Na senda dos mitos".
Quem assistiu no ano passado recomenda vivamente, por isso aqui estou eu, ao mesmo tempo a divulgar e a convidar os meus leitores a assistir.
E uma forma diferente, de divulgacao do nosso patrimonio arqueologico e cultural, pois seram sempre as nossas diferencas que fazem a nossa referencia!

quarta-feira, agosto 31, 2011

As sete maravilhas da gastronomia da "terra de Algodres"!

A RTP tem andado diariamente, a divulgar a gastronomia e as varias regioes do nosso pais, a proposito do concurso "As sete maravilhas da gastronomia de Portugal".
A esse respeito lembrei-me eu tambem, de divulgar neste humilde meio, as sete maravilhas na gastronomia, do municipio de Fornos de Algodres.
Embora eu as coloque por esta ordem, nao quero dar mais realce a uma mais que outra, e os meus amigos caso desejem, podem coloca-las por outra ordem, ou ate fazer uma lista de outras que considerem mais relevantes.
As minhas aqui vao:

1- O queijo "Serra da Estrela".
2- O cabrito assado no forno, "ao modo de Fornos".
3- A morcela de Fornos.
4- Os peixes do rio. (Mondego pois claro).
5- A nossa farinheira (eu diria que e alheira).
6- A "marra" ou "carne ao modo da feira".
7- O leite creme e o arroz doce, confecionado com leite de ovelha. (nesta seccao coloquei dois, senao teriam que ser oito maravilhas!)

Ca fico a espera das vossas sugestoes.


sexta-feira, julho 22, 2011

Feira de S. Tiago, Juncais 31 de Julho.A

Aqui divulgo uma Feira com diversas actividades que anualmente se realiza em Juncais, entre elas o ja tradicional "Festival do Peixinho do Rio".
Venham ate ca que gostaram de certeza, Juncais fica no concelho de Fornos de Algodres, junto a A25.
Bem Vindos a nossa terra!

quinta-feira, julho 07, 2011

O Censo e as suas Implicacoes!

Ja estava a espera de uma reducao da populacao no concelho de Fornos de Algodres, neste recenceamentode 2011. Ja esperava, porque tem sido essa a nossa fatalidade, desde que em meados do seculo XX, atingimos para cima de 10.000 habitantes e desde ai, tem sido sempre a descer.
Mas francamente nao estava a espera que a descida fosse tao acentuada; 11.28 por cento, ou seja 638 habitantes a menos, em dez anos, era coisa que nao estava a espera. Para mim termos baixado a casa dos 5.000 habitantes, (4.991 mais precisamente) nao so e triste, como muito deprimente!
De que nos vale sermos atravessados por uma autoestrada, por uma linha de comboio internacional e pelo maior rio nascido em territorio nacional?
Para que nos tem servido, termos uma excelente rede de estradas municipais, termos saneamento basico em todas as freguesias, termos edificios publicos modernos e de equipamentos e servicos sociais, culturais e desportivos, se as pessoas nao podem ou nao querem ca viver?
Depois de se ter gasto verbas consideraveis, na reconstrucao de todas as escolas basicas, assistimos ao seu encerramento uma a uma, por falta de alunos, restando neste momento e unicamente, a da sede concelhia!
Temo que por este andamento, nao so vamos assistindo ao encerramento do posto de Correios e GNR do Sobral Pichorro e das escolas basicas em todas as freguesias, mas tambem e porque essa e a lei da vida e os idosos tambem serao cada vez menos, ao encerramento de lares e centros de dia, de que o concelho esta bem servido e onde se tem investido bastante!
Queira D*us que o Hotel, Termas e Spa, sejam suficientes para comecar a inverter a situacao, mas temo bem que nao.
A conjuntura do pais nao vai ajudar nada, e as pessoas vao decerto continuar a abandonar o nosso e os outros concelhos nossos vizinhos, por falta de trabalhos. Constacto que na chamada Beira Interior, (nao consigo gostar deste nome) Distritos da Guarda e Castelo Branco, so este ultimo municipio e o de Vila de Rei e que ganharam populacao! Ainda gostava de saber qual e o trunfo deste ultimo, para alem de ser o centro geodesico de Portugal?
Nao se pode obrigar ninguem a residir onde nao quer, mas se ou menos muitos dos que aqui trabalham ca residissem, seria uma excelente ajuda em todas as areas, mas provavelmente fazendo eco ao dito; "de que se podes viver na vila nao vivas na aldeia, ou se podes viver na cidade nao vivas na vila", provamente nem os futuros trabalhadores do complexo hoteleiro da Esgalhada, ca fixaram a sua residencia!
A terminar so tenho uma pergunta, de que provavelmente nao gostarei nada da resposta, sera que um municipio com menos de 5.000 habitantes, continuara por muito tempo a ter futuro e a ser viavel?!

segunda-feira, junho 20, 2011

IV Encontro de Amigos de Fornos e seus Bombeiros!


A acentuada desertificacao, que tem acontecido um pouco por toda a "provincia", principalmente a partir de meados do seculo passado, mas mais ainda no seu ultimo quartel, que em municipios como Fornos de Algodres, se traduziu na perca de metade da sua populacao. Originou a fixacao de populacao daqui originaria, em varios paises e, na regiao litoral do nosso, principalmente na zona de Aveiro e na de Lisboa naturalmente!
Tendo em conta essa realidade, os corpos dirigentes da Associacao Humanitaria dos Bombeiros Voluntarios de Fornos de Algodres, tem promovido encontros anuais, de naturais e amigos do nosso municipio.
O proximo que ja e o numero quatro, vai ser no domingo dia 26, no quartel dos Bombeiros de Paco de Arcos, na zona de Lisboa.
Porque estes encontros tem a finalidade de estreitar os lacos entre os "D'Algodrenses" e seus amigos, enquanto contribuem para ajudar a Corporacao Fornense, humildemente queria pedir a quantos me lerem e lhes seja possivel, para participarem neste encontro.
A animacao e a gastronomia estao garantidas e, sera um dia dedicado a quantos, na area da grande Lisboa sejam naturais e gostem da "Terra de Algodres".

Bem Vindos e Bem Hajam.

segunda-feira, junho 06, 2011

Sao Joao na "Terra de Algodres"

Ja nos meus tempos de crianca, era S. Joao, dos Santos Populares o mais popular, e nao havia aldeia nenhuma em que nao se celebra-se com bailaricos e os tradicionais "saltos de fogueira, alimentada  a "rosmaninho" e "bela-luz" ou "salpor"! Havia casos ate, em que nas mesmas aldeias, havia mais do que uma fogeira e havia competicao, a ver quem a fazia maior.
Este ano na vila de Fornos de Algodres, tambem vai haver duas festas de S. Joao, mas felizmente nao sao nos mesmos dias; Os nossos Bombeiros organizam a Festa de S. Joao "solidario", pois os fundos arranjados com esta festa sao em beneficio dessa prestigiosa corporacao. Para esta festa que sera nos dias 17 e 18, junto ao novo quartel dos bombeiros, a todos queria convidar, pois ajudando os Bombeiros estamos a ajudar-nos, nunca sabemos quando deles algum dia precisaremos!

A outra festa de S. Joao sera no dia 23, a vespera do dia do santo como e tradicional, sera organizada pela comissao de festas de N. S. da Graca e para alem de outras coisas, tera ai a tradicional fogueira.
Tambem para esta queria convidar-vos e assim com a ajuda de todos, possamos ter umas festas de Nossa Senhora com muito brilho. Esta festa sera no Terreiro da Misericordia.
Como vem, nao colidem uma com a outra e, assim e que deve ser, portanto parabens a todos, pena tenho eu de nao poder estar presente.

quinta-feira, junho 02, 2011

Tribunais da Serra da Estrela!

Nao vejo nenhum mal, que cada autarca lute para trazer para o seu municipio, mais e melhor servicos, pelo que ate desculpo e compreendo o Dr. Amaro, Presidente da Camara de Gouveia, que deseje concentrar ai nessa cidade, todos os servicos judiciais da Comarca da Serra da Estrela, que engloba os municipios de Fornos de Algodres, Gouveia e Seia.
O pretexto dessa suposta centralizacao, e o facto de agora possuirem um novo edificio de tribunal, inaugurado recentemente.
Por principio sempre fui e continuo a ser, contra quaisquer centralizacoes, sejam elas nacionais, regionais ou sub-regionais e, essa e precisamente a razao de ser um regionalista convicto.
Mas se e pelo facto de Gouveia ter um novo tribunal eu entao rebato, e entao o de Fornos tambem nao e recente?
Nunca sera com centralizacoes, que os utentes dos varios servicos ficaram melhor servidos, e os servicos publicos entre os quais os tribunais, existem para servir os cidadaos ou nao, pergunto ao Dr. Amaro?
Espero que Seia, que devido a ser o segundo maior concelho populacional, do Distrito e o maior da Comarca nao va nesta cantiga, porque nos em Fornos por sermos muito poucos, pouca voz teremos, mas mesmo com pouca voz creio que nao nos calaremos!
Ja agora so quero lembrar, que esta reforma judiciaria foi feita por acordo entre o PS e o PSD, e pressupoe o nao encerramento de nenhum tribunal, mas sim a deslocacao dos magistrados de acordo com as necessidades de cada tribunal, espero que seja quem for que ganhe as eleicoes, se cumpram os acordos, porque este nao e um tipo de reforma, que se pode mudar so por se mudar de governo, ou sera!

domingo, maio 08, 2011

VI JORNADAS DE ETNOBOTANICA; 13, 14 e 15 de Maio.

No proximo fim de semana, realizam-se na "Terra de Algodres", as VI Jornadas de Etnobotanica e a III Semana da Urtiga, que tem este ano como tema, a "Urtiga" e o "Pao".
A vila de Fornos de Algodres, que herdou o seu toponimo de "lugar dos Fornos", embora eu esteja convicto que eram "fornos" de cozedura ceramica, ha quem creia que eram de cozer pao, portanto na duvida, o pao esta de qualquer maneira relacionado com Fornos de Algodres, ate porque ainda ha umas decadas, aqui se produzia muito centeio, trigo e milho, cereais dos quais se produz um pao excelente.
A urtiga por sua vez, uma planta que por vezes era considerada menor, devido a comichao que produz, a quem a manuseia com menos cuidado. Dela esta comprovado o seu valor vitaminico e podem produzir-se atravez desta planta productos e alimentos de qualidade, ao mesmo tempo muito saborosos.
Como existe em Fornos a unica "Confraria da Urtiga" em Portugal, nada mais correcto incluir nestas jornadas esta planta que muito bem pode ser associada ao pao.
Quero convidar todos os meus amigos, a participar nestas jornadas, que tem a particularidade de serem originais e diferentes, venham que irao gostar certamente.
Podem ver o programa completo e a ficha de inscricao, aqui: www.cm-fornosdealgodres.pt

quarta-feira, maio 04, 2011

Sera que e inevitavel, a extincao do Municipio "D'Algodres"!

Li com bastante desagrado, que a chamada "troica" impos como condicao para o financiamento da divida portuguesa, a obrigacao do proximo governo, implementar uma reducao no numero de freguesias e municipios em Portugal!
Escusado sera dizer, que indo avante como parece esta medida, o nosso municipio "D'Algodres", sera afectado.
Embora em certos casos ate possa concordar com a uniao, ou ate extincao de algumas freguesias, nunca poderei estar de acordo com a extincao do nosso Municipio e ainda mais, porque a razao principal da crise financeira e economica a que chegamos, foi causada pelos ultimos governos e, a contribuicao das autarquicas para esta situacao foi minima.
Mas e muito melhor continuar com a construcao do bendito TGV e, continuar a concentrar toda a riqueza na grande Lisboa. Pois e assim e que se consegue um desenvolvimento homogenio em todo o territorio!
Mas indo pela extincao, creio que o mais correcto, seria extinguiu todos os municipios deixando so o de Lisboa, que responderia a Bruxelas pelo resto do "pais" (ou regiao) e nesse caso, nem necessitamos governo nenhum nem parlamento e, generariamos muito mais poupanca!!!

domingo, abril 17, 2011

Semana Santa e Pascoa na "Terra de Algodres"!

Li a dias ja nem sei onde, que o Centro de Ferias do Inatel em Vila Ruiva, estava a apresentar um programa de ferias para esta nossa Beira serrana, que incluia visitas aos varios municipios nossos vizinhos.
No que respeitava a minha terra (Fornos de Algodres) para alem de uma visita a vila, era incluida nesta, a participacao nas cerimonias da sexta feira santa, que se concluem com a "Procissao do Enterro do Senhor.
Sao de louvar estas iniciativas por parte do Inatel, que espero sejam cada vez mais activas.
De facto e embora sem o conhecimento mediatico e grandiosidade das cerimonias realizadas na Beira Baixa, tambem se realizam na "Terra de Algodres", varias cerimonias por esta altura e nelas nao quero esquecer, "O Regrar dos Passos" em Algodres. Isto para nao falar nas "Procissoes da Resureicao" em muitas freguesias, na "Visita Pascal" e no culminar destas festas pascais, com a Feira e Romaria de Santa Eufemia na Matanca.
Para todos quantos tenham uns dias livres, queria deixar um convite; venham passar a epoca pascal no Municipio de Fornos de Algodres, e daqui podem ir facilmente visitar toda a regiao da "Serra da Estrela".

quinta-feira, abril 14, 2011

Dia Internacional dos Monumentos e Sitios!

Neste proximo dia 18 de Abril, comemora-se  o "Dia Internacional dos Monumentos e Sitios"!
Na "Terra de Algodres" tambem havera  algumas actividades relacionadas com este evento e com a "Agua", o nosso mais precioso liquido.

Vejam o programa aqui:  http://www.cm-fornosdealgodres.pt

quarta-feira, abril 06, 2011

Primeira Maratona e Meia Maratona BTT, por Terras D'Algodres"

Embora um pouco em cima da hora, nao queria deixar de mencionar esta prova ciclistica, que se vai realizar pela minha querida "Terra de Algodres".
Mais uma actividade, para colocar mais ainda, a nossa terra no mapa, faco votos que seja regular e a ela me possa referir por muitos anos.
Ainda estao a tempo de se inscreverem, venham ate ca e nao se arrependeram!

Aqui esta o cartaz:

quarta-feira, março 30, 2011

Quarta Prova Orientacao TT!

Ainda estam a tempo, de participar na "Quarta Prova Orientacao TT", no Municipio d'Algodres, promovida pela Associacao dos Bombeiros Voluntarios de Fornos de Algodres.
Aqui tem o cartaz:

segunda-feira, março 21, 2011

segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Seia 2011, PRIMEIRA FEIRA REGIONAL DO "QUEIJO DA SERRA"


Sera neste Sabado dia 5 de Marco que se realizara em Seia, a primeira "Feira Regional do Queijo da Serra". Esta feira vem substituir, as que os municipios individualmente realizavam, e uma ideia ja ha muito apontada, pelo presidente de camara de Fornos de Algodres, que felizmente se concretiza!
Eu tambem sempre tenho defendido, que a marca "Serra da Estrela" deve ser defendida em conjunto, pois so assim pode ser efectivada, uma verdadeira divulgacao da serra e dos seus productos, em que o queijo e dos mais importantes.
Desta feita Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, que por sua vez compoem a comunidade municipal da serra da Estrela, uniram esforcos e propuzeram-se a realizar este evento regional, que este ano sera em Seia, para o proximo sera em Gouveia e em 2013, em Fornos de Algodres.
Tanto quanto sei vao estar presentes cerca de 200 productores dos tres municipios envolvidos e, o evento vai ser complementado com varias actividades culturais e gastronomicas de Seia, Fornos de Algodres e Gouveia com a presenca de bandas filarmonicas e grupos de musica popular regionais.
Na area gastronomica, do municipio de "D'Algodres" estara presente a "Confraria da Urtiga" a servir aos visitantes iguarias confecionadas com esta planta. E uma area nova e por muitos desconhecida, mas que proporciona coisas muito boas! (digo porque ja comprovei)
Aproveitem um fim de semana maior e venham ate a "Serra da Estrela", assistam a "Feira do Queijo" em Seia e passem tambem a conhecer, as coisas boas dos outros municipios, vivendo o fim de semana do "Entrudo" (Carnaval) na regiao!

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

A Terra de Algodres na "FIL"!

Com inicio ontem dia 23 e prolongando-se ate Domingo dia 27, esta a decorrer no pavilhao da FIL no Parque das Nacoes em Lisboa, mais uma "Feira Internacional de Turismo". O municipio de Fornos de Algodres vai estar ai representado com o melhor que ha na nossa terra.
Havera tambem, a actuacao do Grupo de Cantares Regionais, da Casa de Pessoal da Camara Municipal de Fornos de Algodres.
Queria deixar um convite a todos quantos possam estar por Lisboa nestes dias, para uma visita a feira e ao mesmo tempo, inteirar-se melhor, acerca desta nossa linda vila serrana.

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Ideias de um louco, ou quem sabe nao!


As vezes ja me custa apresentar ideias, pois sou logo intitulado de "sumidade" ou ate outros nomes, ainda menos lisongeiros!
E custa-me tambem, porque infelizmente nao posso ajudar a realiza-las, devido a distancia e falta de recursos.
Mas por vezes, vejo oportunidades que vamos perdendo, e nem sao necessarias grandes verbas, para as por em pratica.
A nossa "terra de Algodres" felizmente tem productos, monumentos, cultura e diversidades, que a tornam um pouco diferente, dentro das particularidades da nossa regiao, pelo que deviamos aproveitar essas diferencas para nos tornarmos referencia!
Temos o "Queijo da Serra", que infelizmente outros se tornaram a charneira da sua defeza, quando deviamos ser nos, mas agora ja nao conseguimos apanhar o comboio!
Temos a "urtiga" que e uma singularidade e que devia ser muito mais aproveitada, do que so para montra!
Temos a saborosissima "murcela de Fornos" que quase nao e conhecida, a nao ser por nos!
Temos o "Cabrito assado no forno" e as "batatas na cacoila", que necessitam de mais divulgacao!
Temos as excelentes e premiadas sopas, mas que para alem do evento, ninguem conhece ou prova!
Isto so para falar em alguns exemplos.
No que toca ao queijo, queria fazer uma sugestao a uma pastelaria de Fornos, porque nao criar o "pastel de queijo da serra", que creio seria original, e tambem um bolo ou pastel identificado com a nossa terra: O "fornito" ou o "algodrito'' por exemplo.
Isto poderia ser tambem aplicado a urtiga, porque nao criar o "pastel de urtiga", era original podem crer!
Quanto aos pratos que nos identificam, gostaria de os ver, em todos os menus dos restaurantes da nossa terra, podendo e como e natural, haver algumas pequenas diferencas entre uns e outros.
Alem disso, tambem as sopas premiadas, deviam ser divulgadas e apresentados nos varios restaurantes municipais.
Tambem gostaria de ver meses gastronomicos tematicos, por exemplo: O mes do "Queijo da Serra" do "Cabrito" dos "Peixes do Rio" da "Murcela" da "Urtiga" das "Sopas algodrenses" do "Bacalhau a Lagareiro" do "Folar de azeite" da "Chourica", etc.
 Nestes meses, todos os restaurantes deviam apresentar menus variados, mas dentro da tematica mensal, para alem dos seus proprios menus diferenciados.
Ja o disse varias vezes, que para sermos conhecidos temos que ser diferentes, nao creio serem necessarios grandes investimentos, para isso acontecer!

quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Feira Anual de S. Braz em Juncais!


Embora o dia canonico em que se festeja S. Braz, seja amanha dia 3 de Fevereiro, so vai ser no proximo domingo dia 6, que se vai realizar a tradicional e antiga "Feira Anual de S. Braz" na freguesia de Juncais no municipio de (Fornos) d'Algodres.
Com o progressivo abandono das actividades agricolas, estas feiras que outrora se realizavam no dia proprio, tiveram que ser transferidas para os domingos mais proximos, mas pelo menos na bonita freguesia de Juncais, continuam a realizar-se.
Ja que eu nao posso pela distancia, quero convidar os meus amigos leitores a deslocar-se a esta feira, que acaba por ser uma festa. Um amigo natural de Juncais, fez-me o favor de enviar o cartaz o que agradeco.

                                                Com S. Braz e Santa Barbara,
                                                E Sao Tiago em Juncais.
                                                Estas de santos bem servida,
                                                Ja nao necessitas mais!

quinta-feira, janeiro 27, 2011

Ha "Vandalos" a Solta, na Terra de Algodres!

Ja a cerca de meio ano, tive conhecimento da destruicao da zona de merendas, na Raza de Infias. Hoje tive o infeliz conhecimento, que individuos quem nem qualifico, mas que tem nos seus genes os mesmos daqueles povos "vandalos" que destruiram o imperio romano, decidiram voltar-se contra a nossa arquelogia!
A magnifica e grandiosa Anta de Cortico, que tenho como simbolo do "Aqui d'Algodres" e que  resiste a lembrar a nossa heranca Celtica, ha mais de 5000, foi desta vez vandalizada por esse tipo de "gente", que de gente so tem o nome. Destruiram a vedacao, encheram a area de detritos e como se nao basta-se, fizeram no seu interior uma enorme fogueira que enegreceu as suas pedras milenares!
A todos os meus conterraneos queria pedir, se souberam quem foi, denunciem estes "vandalos" as autoridades, pois "gente" como esta, nao merece andar no nosso convivio.
Tenhamos todos orgulho nas nossas raizes e origens e, defendamos o nosso patrimonio!

quarta-feira, janeiro 19, 2011

Fornenses e os seus Bombeiros em Grande Actividade!

Tendo tomado posse no passado dia 17 deste mes de Janeiro, a Direccao dos Bombeiros Fornenses com o seu Presidente o meu amigo Alvaro Melo, iniciou o ano com uma accao que tinha sido delineada em fins do ano de 2010.
Esta accao, nao tem muito que ver com a missao dos bombeiros, mas de alguma forma esta ligada com as suas actividades!
Chama-se esta iniciativa "Um Servico Uma Arvore Amiga", pois por cada servico prestado pelos bombeiros, no ano passado, vai ser plantada uma arvore.
Esta accao iniciou-se hoje dia 19, com a plantacao de 300 arvores, de varias especies autocones e, teve a participacao de alunos da Escola Elementar Basica e Secundaria de Fornos de Algodres, de jardineiros da Camara Municipal, por um elemento do Horto do Campo Grande, por varios bombeiros e por elementos do C.A.O. (Centro de Actividades Ocupacionais) "quem diz que estes nossos amigos, nao podem ser uteis a sociedade"?
Os meus parabens a todos e, um sincero "Bem Hajam", pois com as vossas accoes, tornam a nossa terra mais verde e mais linda!
Esta iniciativa, tera a sua conclusao do proximo dia 21 de Marco, "Dia Mundial da Arvore" quando tiverem sido plantadas as 5000 arvores correspondentes aos 5000 servicos prestados a sociedade pelos nossos Bombeiros.

Aqui vao algumas fotografias desta accao, em que revejo gente amiga:

quinta-feira, janeiro 06, 2011

6 de Janeiro "Dia de Reis" e tambem meu!

O meu documento oficial, diz que nasci no dia 6 de Janeiro, faco portanto hoje anos, embora nao haja concordancias nesta data, o que conta no entanto e a data oficial!!!
E um dia lindo e assinalado, pois e "Dia de Reis", embora ate a Igreja Catolica ja comemore este dia, no domingo mais proximo, que foi o passado!
Tambem neste dia e continuando o dia das Janeiras, (1 de Janeiro) na minha querida terra d'Algodres, era usual cantarem-se "Os Reis", espero que esta tradicao continue, pois neste mundo cada vez mais globalizado, o que nos pode e deve identificar, sao as nossas tradicoes.

Que o ano que comeca com datas sao significativas, seja para todos de muita saude e, das outras coisas boas, que so cada um sabe o que melhor deseja, sao os meus votos e da minha familia a quantos me lerem, mas particularmente e desculpar-me-ao o bairrismo, a todos os "D'Algodrenses"