sábado, agosto 08, 2009

VOU-ME SUICIDAR HOJE!!!

"Vou-me suicidar hoje, os meus amigos estarao perfeitamente borrifando-se ,por me ver pendurado numa corda como um presunto. Mas ja agora que a gente se conhece, gostaria de me explicar, pois nao queria que pensem que estou louco varrido, ou que sou daqueles que se matam por da ca aquela corda!
Primeiro gostaria de ter nascido nos EUA, nao so por causa do ingles que e uma coisa que eu penso que e muito bom a gente saber, mas tambem por causa dos dolares, que e uma coisa que e muito bom a gente ter!
Mas a minha mae morava longe numa aldeia do norte, a aldeia ate tinha uma carateristica a populacao nunca aumentava, quando nascia uma crianca fugia um homem......"

Antes que os menos atentos pensem que tudo isto e verdade, passo a dizer-vos que este, e inicio de uma rabula, "A Historia da Minha Vida" do ja saudoso Raul Solnado, que eu aprendi de cor ja la vao muitos anos, e que hoje me veio a ideia assim que tive a noticia do seu falecimento. Serve portanto, para lhe prestar a minha singela e humilde, mas sincera homenagem!

Embora tal como todas a rabulas suas, sejas puras fantasias, nesta em que referia o seu nascimento numa aldeia do norte ate tem algo de verdade na sua ligacao a uma aldeia do norte.
Essa aldeia chama-se Maceira (d'Algodres) e e uma freguesia do meu municipio natal.
Embora o querido Raul tenha nascido em Lisboa, viveu durante pequeno nesta "nossa" aldeia quando a sua mae daqui natural faleceu, e foi durante algum tempo cuidado por uma sua tia na aldeia de Maceira. Mais tarde ja adulto a Fornos e Maceira voltou varias vezes, tendo muita gente "dalgodrense" com ele lidado, ate que se desfez de propriedades que ai tinha!
Ha uns poucos anos, teve a Camara Municipal de Fornos D'Algodres, a feliz ideia de o homenagear, e ate foi por ele nessa altura, descerrada uma placa de homenagem em Maceira. Mas agora que morreu este cidadao impar, que a tandos de nos fez rir a gargalhadas, e porque creio que unicamente so; "aqueles que por obras valerosas que se vao da morte libertando" o merecem, novamente venho lembrar que o nome de "RAUL SOLNADO" estaria sem duvida nenhuma bem colocado, numa das ruas da vila de Fornos!

Adeus Raul, estaras sem duvida nenhuma neste momento, a fazer rir os seres que se encontram para alem desta vida!

2 comentários:

JPCLEMENTE disse...

Caro Al. Cardoso!
É sempre bom lembrar aqueles que partiram, principalmente os que "por obras valorosas se vão da lei da morte libertando", como é o caso de Raúl Solnado.A sua ligação à terra que nos viu nascer também não deve ser esquecida.
Um abraço amigo

Magno disse...

Saudações Amigo Al,
Antes de mais permita me pedir desculpas pelo facto de não ter sido desta que o fui conhecer pessoalmente.
Aceite também o meu pedido de desculpas, caso o meu comentário mais recente a respeito dos brasões de fornos tenha sido um pouco duro nas palavras ou até mal compreendido.
Quanto a Raul Solnado a referida casa pertence actualmente ao Senhor Celso, e foi toda restaurada pelo actual proprietário.
Nesta encontra - se como disse e bem o meu amigo, uma homenagem que a população de Maceira fez a este vulto da comédia Portuguesa.
Como disse e bem o nome de numa rua em Fornos seria uma singela homenagem por parte dos beirões da nossa terra.
Ou até mesmo em Maceira em frente à casa pnde ele morou...
Abraço de amizade e desculpe se com as minhas palavras fui mal comprendido.
Abraço,
Magno.