sábado, agosto 05, 2006

Sugestao para ferias ca dentro: VALE DO ALTO MONDEGO

E normal, a maior parte dos portugueses tirar ferias no mes de Agosto, muitos preferem o sol e o mar, mas tambem ha aqueles, que tem outras preferencias.
Embora com a mente toldada por um "bairrismo" excessivo, queria deixar uma sugestao aos meus possiveis leitores, se a vossa opcao neste ano, for ir para fora ca dentro.
Venham este ano ate ao "Vale do alto Mondego";
Vindo pelo IP5 (agora ja quase todo A25) saiam em Mangualde; cidade progressiva, herdeira da antiga "Azurara" e ai entre tantas opcoes, vou sugerir algumas visitas: Anta da Cunha Baixa, igreja de S. Juliao, com pedras da idade media, monte e igreja da Senhora do Castelo com restos do antigo castelo mourisco, citanea da Raposeira, Torre de Gandufe, Monte capela e restos do castro do Bom sucesso, etc etc.
Depois e ja sem voltar a A25 (para se conhecer melhor nao se anda por auto estradas) passem ao concelho de Gouveia atravessando o Mondego; tambem ai os motivos de interesse sao imensos: Igreja de S.Pedro, Pacos municipais (antigo convento) e seus jardins, o Museu Abel Manta, etc. Vao a rio Torto ver a anta neolitica, Passem por Melo uma das mais antigas terras da Beira e vejam os restos do convento, subam Folgozinho (suposta terra de Viriato) admirem as belas fontes e os restos do seu castelo. A seguir passando ao pequeno planalto passem por varias outras aldeias: Vila Cortez, Vila Franca e Vila Ruiva. Ai ja no concelho de Fornos de Algodres Passem pela necropole de sepulturas escavadas na rocha, junto a Capela de S. Gabriel (nesta aldeia existe uma das possiveis hipoteses de alojamento: O Solar e hotel da Inatel). Atravessem novamente o Rio Mondego pela ponte de Juncais (ai podem banhar-se na praia fluvial) vao a vila de Fornos; terra dos Menanos,(cantores e musicos do fado de Coimbra) e do Marquez de Tomar, vejam as suas igrejas e capelas; principalmente a igreja da mesericordia, passem pelas ruas da parte medieval e admirem os varios solares antigos, a antiga camara municipal e pelourinho, as fontes antigas, e, se quiserem saber um pouco mais do passado, passem pelo Centro de Interpertacao Historica e Arqueologica. A seguir subam a pequena serra arborizada, e em Infias admirem um das mais grandiosas paisagens, junto ao monumento do Cristo redentor: Toda a encosta norte da Serra da Estrela. Se gosterem de historia e passado passem pela antiga "vila" de Algodres ali tao perto, podem admirar as igrejas e capelas, o pelourinho, (um dos mais altos de Portugal com fuste de uma unica pedra) a antiga camara e tribunal, solares e muitas outras curiosidades. No planalto nao deixem de visitar as duas Antas neoliticas: Matanca e Cortico e a necropole das Forcadas, alem disso porque nao ir ao Castro de S. Tiago em Figueiro da Granja, ou a Fraga da Penha, estas sao so algumas dicas, no entanto ha muito mais para ver em Fornos de Algodres.
A seguir vao a Celorico da Beira terra natal de Sacadura Cabral, subam ao seu castelo, passem pelas igrejas de S. Pedro e Santa Maria e pela parte antiga desta vila, dai vao a Linhares da Beira (aldeia historica) subam ao castelo vejam as igrejas com rasgos bem antigos, passem pela area da antiga judiaria e voltem a admirar o belo vale do nosso portugesissimo Rio Mondego.
Comam a nossa rica culinaria, provem e comprem o saborosissimo queijo "Serra da Estrela" em qualquer das terras mencionadas, (e aqui no vale e nao na serra, que se produz o genuino queijo) saboreiem os enchidos e presuntos beiraos, bebam o belissimo vinho "Dao" e saibam o que e, a ja celebre hospitalidade da Beira.
Embora eu tivesse dado uma sugestao de alojamento, (fruto dum bairismo excessivo dirao voces) existem muitas mais opcoes com hoteis em Mangualde, Gouveia e Celorico e bem assim alojamento de turismo rural como a: Antiquissima Casa Grande de Juncais, (la estou eu outra vez a fujir para a minha terra).
Passem por ca uma semana nao se iram arrepender.

6 comentários:

al cardoso disse...

Antes de me corrigirem devo ser eu a faze-lo: MONDEGO e nao MONGEDO.

Sera da distancia ou dos anos???

sa morais disse...

Belo roteiro e boa sugestão. Esses são lugares que, na grande maioria dos casos, também conheço ( e também aconselho ), em parte por viver em Viseu e por a minha mulher ser natural da Serra da Estrela.
E o roteiro ainda se podia estender para oeste - Castro D'aire, S.Pedro do Sul, Vouzela... - lugares que também merecem uma visita.

abraço.

sa morais disse...

PS: E claro, Viseu!

al cardoso disse...

Caro Sa Morais:

Concordo com a extensao, mas quis restingir-me a uma area especifica, para a proxima aconselho outras.

Um abraco e volte sempre

Frederico disse...

Caro Albino,
Já tinha pensado nisso: Fazer sugestões de "escapadinhas" no intuito de promover o interior.

Quando iniciar essa rúbrica venho cá roubar-lhe uns textos!

Um abraço

Eddy Nelson disse...

Caro companheiro beirão, agradeço o comentário a Monsanto, pelos vistos compartilhamos o mesmo fascinio pela telúrica beira. Gostei das inumeras alternativas propostas para conhecer um pouco mais deste vasto e fascinante território. Tentarei seguir o mapa proposto, parece-me interessante.

um abraço desde esta beira tão mágica quanto humilde