quinta-feira, agosto 12, 2010

Quisera nao ter que referi-los: "Os Incendios"!

O incendio visto de Fornos de Algodres!

Como digo no titulo: Quisera nao ter que referi-los, mas infelizmente tem sido tantos os incendios em Portugal, que ate a nossa terra, onde ate ja foi preso um incendiario, nao se consegiu ver livre deles!
Recebi ontem dos meus amigos do: http://starnatura.blogspot.com, varias fotografias muito graficas, do que se tem passado no municipio D'Algodres e nos outros seus vizinhos (Mangualde, Gouveia, Seia etc.)
Quando ha uns dias referi a louvavel iniciativa dos "nossos" Bombeiros em favor da reflorestacao, vejo que enquanto muitos lutam, para tornar ainda mais verde a nossa terra, continuam a existir entre nos uns poucos criminosos, (sim sao isso mesmo, digo-o sem papas na lingua, como parece ter o ministro da Administracao Interna) que vem por em perigo as vidas e os bens de todos nos!
A terminar so quero lembrar aos governantes lisboetas; entao a proibicao de foguetes, a criacao dos "canarinhos" e as despezas cada vez maiores no combate aos incendios, nao eram supostamente suficientes para acabar com eles???!!!
Revejam mas e, as penas para os incendiarios, facam que estas sejam rapidas e efectivas, obriguem, mas obriguem mesmo, os proprietarios a limpar as suas matas, com a pena de nao o fazendo, reverterem para os municipios em que se encontrem essas propriedades, e veram que as coisas passaram a ser um pouco mais suaves.
Mas e principalmente, promovam o povoamento do interior, porque terras cada vez mais abandonadas, tem muito mais probabilidade de ser pasto de chamas ateadas por "criminosos".

3 comentários:

Magno disse...

Doi ver a nossa terra a arder!!
Ainda doi mais ver que o dinheiro supostamente investido, não melhorou a situação...
Acredito piamente que a floresta pode ser uma mais valia para a criação de emprego em Fornos de Algodres bem como em concelhos vizinhos.
A prevenção, a limpeza das matas, a própria alimetação do gado pode ajudar a limpar as matas do nosso concelho...
Mas parece que esbarramos cada vez mais com as mentalidades de que a agricultura ou o facto de se ser sapador florestal é para os outros, apenas as industrias é que devem criar emprego nestas paragens?????
Nada mais errado, a meu ver criar emprego numa região deve - se ter em conta as possibilidades locais (Florsta) ora se temos em fornos muitas áreas verdes abandonadas porque rentabiliza - as???
Sabemos que a agricultura está pouco competitiva nestas paragens fruto de um conjunto de politicas erradas aliado à falta de associativismo, epá mas tamos a falar de proteger a nossa maior riqueza que é a floresta...
Talvez em vez de se apostar tanto em prevenção de propaganda se deva mudar as mentalidades em relação à floresta.
Porque não criar em Fornos uma escola profissional com uma especialização em protecção da floresta, talvez ai a mentalidade para com a floresta e os proveitos que esta pode ter mude....
Abraço,
Magno.

P.S. Obrigado amigo Al, pelos esclarecimentos em relação à praia fluvial de Juncais, peço desculpa caso na intervenção anteiror tenha afirmado algumas premissas erradas.

JPCLEMENTE disse...

Caro Al Cardos:
Infelizmente, tb assisti a este espectáculo dantesco, a partir das nossas terras. Quando a justiça não funciona verdadeiramente tudo passa impune.
Um abraço amigo

A. João Soares disse...

Caro Al Cardoso,

Não podemos ficar calados. Há uma grande cumplicidade entre os senhores do poder político e os do poder real. Há um comportamento de bando que tornou o país sem normas cívicas sem ética.
Os custos de uma boa prevenção seriam muito inferiores aos do combate aos fogos, acrescidos dos prejuízos para o ambiente e as pessoas, como consta do post Fogos florestais imparáveis.

Depois deste post foram publicados mais dois... e não serão os últimos. É um problema grave para todos nós, directa ou indirectamente.

Abraço
João