sexta-feira, março 10, 2006

PARA QUE SERVIRA A NOVA A25?

Sempre advoguei boas vias de comunicacao para a minha terra, pois achava que serviam para criar melhores motivos, para outros podessem interessar-se por nos, ja que infelizmente os meus conterraneos (os que puderam) ja ha muito, perderam o interesse por ela.
Felizmente Fornos foi servida desde cedo, por estradas principais, tambem teve a dita, de se encontrar na rota do caminho de ferro da Beira Alta, no entanto e para alem de ter condicoes que outras terras nao tiveram, nunca disso tera tirado grandes proveitos.
Creio que a razao podera ser encontrada em nos proprios. O facto de ser desde epocas bastante recuadas, terra de gente aristocratica tambem tera sido, uma das razoes da falta de progresso. Para alem da agricultura e, ate nisso nunca fomos inovadores, deixamos passar ao lado todas as oportunidades de desenvolvimento, muito principalmente nos anos seguintes a revolucao, ao deixar-mos no executivo camarario, gente que em nada contribuiu para o nosso desenvolvimento, muito pelo contrario.
Embora inevitavelmente (e ja muito tarde) la nos livramos dessas benditas personalidades, mas foi ja tarde de mais. Perdemos literalmente o comboio do progresso, e ate o Intercidades.
Creio que a nova Autoestrada 25, herdeira do IP5, so ira servir (e tanto queria enganar-me) para que os meus conterraneos, mais depressa possam continuar deslocalizar-se, quer para o litoral quer para a Europa, pela gritante falta de trabalhos no nosso concelho.

2 comentários:

Anónimo disse...

Concordo plenamente. Até que enfim que aparece alguem para dizer certas verdades.

TSFM disse...

Infelizmente irá certamente ser como o Albino diz. A A25 IRÁ irá fundamentalmente servir o desenvolvimento económico dos espaços onde esse desenvolvimento económico já aconteceu anteriormente. Isto é, a A25, para além de deslocart pessoas deslocará prioritáriamente bens e serviços. Será como que um canal de escoamento de meracdorias da Espanha e Europa para Portugal e tb do nosso país para lá. As localidades onde não há industria (Fornos, Celorico, etc) serão apenas vistos (ao longe) pelos que passam na autoestrada. Mangualde e Viseu, só para falar das localidades que ficam na rota da A 25, terão algum benefício, pois a Industria já começou à algum tempo atrás. Penso que Oliveira de Frades também irá beneficiar... Foi fundamental o desenvolvimento economico dos tempos já idos, como diz o Albino, Quem no passado ficou a ver o comboio passar, hoje fica a ver os carros e os TIR...a passar...