quinta-feira, setembro 13, 2007

Patrimonio e Natureza, em Dialogo!



Tambem este ano, o municipio de Fornos de Algodres, decidiu integrar no fim de semana do feriado municipal, (29 de Setembro, dia de S. Miguel) actividades relacionadas com o patrimonio, numa altura em que um pouco por todo o lado, se realizam as "Jornadas Europeias do Patrimonio" este ano sob o tema: "Patrimonio em Dialogo".

Na sexta feira dia 28, dia mais virado para as camadas jovens, em colaboracao com as escolas e os Bombeiros Voluntarios do concelho, depois de uma concentracao e visita ao CHIAFA, (museu arqueologico) ira proceder-se a continuacao da limpeza da calcada e estrada romana, existente junto aos terrenos do antigo seminario, limpeza esta orientada por um arqueologo.

No sabado dia 29, dia dedicado a toda a populacao, preceder-se-a a uma caminhada com inicio junto aos Pacos do Municipio, passando por dois trocos de calcada romana; um junto a capela da "Senhora da Graca" e o outro que tera sido limpo no dia anterior; junto ao seminario. Caminhada esta que terminara no rio Mondego perto da Ponte de Juncais, onde anteriormente a terceira invasao francesa, (1810) existiu uma ponte romana.
Ai havera um concurso de pesca, seguido de um almoco-pic-nic, findo o qual se realizara uma conferencia com o tema "Os Oceanos".

Tambem durante o fim de semana, estara patente a exposicao intenerante do "Oceanario de Lisboa", junto da Camara Municipal, no Jardim 28 de Maio.

Estas iniciativas culturais tem pelo menos duas vantagens; a primeira de sensibilizacao dos jovens para o conhecimento e conservacao do nosso patrimonio (sim estas coisas comecam em pequeno) e a segunda, enquanto se faz o mesmo com a populacao mais adulta, promove-se o exercicio convivendo com a natureza junto ao "nosso Mondego", ultimamente tao pouco disfrutado!

Quanto ao primeiro ponto, muito gostaria que depois destas campanhas de limpeza iniciais, a camara municipal lhes desse seguimento mantendo-as e que proporciona-se o conhecimento desta "via romana", com placas sinalizadoras; uma junto ao no do antigo IP5 e outra na rotunda da "zona industrial"!

No que se refere ao Rio Mondego, creio que a praia fluvial prevista para a zona da "Ponte de Juncais", quando terminada, sera uma mais valia para o turismo que se deseja, assim como para as populacoes locais, poderem usufruir uma area encantadora!

Queria ainda neste ponto, deixar novamente uma ideia que ate ja tem barbas e tem sido alvitrada por muita gente; que e a requalificacao das ruinas do antigo lagar e moinho, transformando-as num equipamento virado para a nossa gastronomia regional, na qual pontuam os inevitaveis "Peixinhos do Rio"!

10 comentários:

quintino disse...

É tratar lá dessa recuperação, para depois sermos nós a tratar dos peixinhos do rio!

M. Relvas disse...

É positiva esta acção. Parabéns pelos seus alertas!

Abraço

Amaral disse...

Al Cardoso
Essa é uma iniciativa louvável e que merece ser anunciado, por isso parabéns pelo seu post.
Abraço

greentea disse...

andei por essas zonas no mês pasado ...

boas perspectivas para a festa !!

Um abraço

Papoila disse...

Já lá vai o tempo em que "matando" aulas, quando ainda no Liceu de Celorico, nos esgueirávamos para um café junto a esse local do Mondego... A Eterna inconstância da juventude...

Beijos Serranos
BF

Stalker disse...

Vim aqui para o cumprimentar e ver como é que as coisas de Fornos são vistas lá do outro lado do Atlântico.
Só por curiosidade, um dos autores que mais tenho lido nos últimos anos, o Philip Roth, tem New Jersey como um cenário preferencial em alguns dos seus livros. Bem, peço desculpa porque isto não tem nada que ver com o tema, mas como é um cumprimento, espero que não levem a mal.

Barão Van Blogh disse...

"...Um pássaro de fuligem do pincel cai
De asas abertas inesperado livre vai..."

Desejos de uma boa semana .

joão oliveira disse...

passei para deixar um abraço desde terras de tavares para as terras de algodres.

é a ponte de juncais, penso.

Magno disse...

Nada como aquele ambiente, para recuperar as forças!
Um abraço,
Magno!

Quint disse...

Então, caro Al Cardoso, novas das terras altas? mande que nós cá as aguardamos.