terça-feira, outubro 30, 2007

"Os Santos e S. Martinho" e modos diferentes de os celebrar!


Na primeira parte do mes de Novembro, quando se comeca fazer o melhor "Queijo", a Igreja Catolica e seus seguidores, celebram "Todos os Santos" e os "Fieis Defuntos". (coitados dos "Infieis" que nao tem direito a nada!)
Tambem esta altura e motivo para encontros, celebracoes e outros eventos, menos catolicos e ate menos cristaos, com raizes em costumes pagaos e mais ligados a natureza, que e muito mais sabia que as religioes!
Por esta altura o municipio de Mangualde, nosso vizinho, realiza a ja nacionalmente conhecida "Feira dos Santos", ocasiao de encontro e convivio, em volta das saborosas e tradicionais "febras" (ou sera feveras) de carne de porco, acompanhadas do excelente pao beirao e regadas com vinho do Dao!
Com base nesta feira, ja ouvi da possibilidade de se instituir em Mangualde o "Museu do Porco", o que ate acho ser uma excelente ideia!
E epoca tambem, para a realizacao por toda a Beira dos tradicionais "magustos" com as doces castanhas, acompanhadas com o inevitavel nectar de Baco, ou da bela "jeropiga", (jeropia como dizia o meu avo) que tem o ponto mais alto no dia 11, dia de S. Martinho!
Pelo concelho de Fornos d'Algodres, decidiram e bem, celebrar este ano o S. Martinho de modo diferente; sera com uma concentracao de carros antigos e um passeio pelo municipio, focando os monumentos, a paisagem e a natureza, incluindo tambem uma visita guiada a uma queijaria tradicional, para ver como se confeciona o "Serra" genuino!
O almoco sera em Figueiro da Granja e constara de porco no espeto com arroz de feijao, acompanhado com o pao de centeio e o nosso vinho. (o Dao claro)
Ora aqui esta uma ideia interessante; juntar cultura com tradicao e gastronomia. Tenho que dar os parabens aos mentores, fazendo votos de que eventos semelhantes se realizem com mais frequencia.
Mais informacao pode ser encontrada aqui: http://www.cm-fornosdealgodres.pt/nt_047.php

22 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

isso é que eu chamo viver bem...

quintarantino disse...

eu no arrozinho de feijão até ia...

Amaral disse...

Al Cardoso
De abrir o apetite e criar´água na boca.
Abraço

pensarfornos disse...

Considero que estas visitas são interessantes e devem ser apoiadas, todavia considero que deveria haver um envolvimento mais profundo das pessoas que vivem nesta região de forma a elas próprias lucrarem com estas actividades.
Uma abraço JPClemente

pensarfornos disse...

Considero que estas visitas são interessantes e devem ser apoiadas, todavia considero que deveria haver um envolvimento mais profundo das pessoas que vivem nesta região de forma a elas próprias lucrarem com estas actividades.
Uma abraço JPClemente

Maria disse...

Lá tenho eu que ver se vou a Figueiró da Granja....
só o aspecto dos queijos faz salivar o maior santo....

Um abraço, Al

Sulista disse...

ai, ai estes queijos....que perdição!!

Huuummmmmm...tanta comida boa!!!
até me fez crecer água na boca :-)

ps-obrigada lá pelas visitas sempre tão simpáticas.Sabe bem ;-)

Abraço verdinho da silva aqui do Sul!

Carlos de Matos disse...

Amigos Algodrense

Santos, Fieis defuntos, São Martinho, Haloween...

Concordo com a mistura da religião sobre o paganismo heritado do fundo das memorias das nossas civilizaçoes celticas e indoeuropeias... A Halloween norte americana por exemplo tem raizes em antigas tradiçoes gaulesas festejando as recoltas autonais e celebrando a natureza mae antes de passar o inverno... A cultura é herdança e mistura.

Em relaçao ao post, penso que os museus disso e daquilo estao desligados por muito da realidade e fazem parte da acçao economica dalguns servicos camararios sem profundeza e somente para justificar balanços das suas proprias actividades.
A realidade economica é dificil e manifesta-se de uma forma elitista por vinda de doutores em grande jeeps e cortejos festivos cultivando uma ideia de um Portugal parado e paisagistico. O Zé povinho la continia a sobreviver com os horizontes fechados, longe de um justo elevador social que lhe pode dar uma nação. Viva a emigração.

O queijo podia ser um "ferro de lança" de um desenvolvimento sustentavel para a nossa região, jà tive a ocasião de dar o meu ponto de vista eu proprio sendo de Penaverde, terra de bom queijo sem igual e infelizemente hoje ao abandono falta de infraestruras.
Esse assunto poderia ser um axo estratégico para a nossa região, aqui reitero o meu convite para lançar um colectivo para participar realmente na reflexão de um esquema directorio...

Saudades do requeijão acabado de ser feito pela minha avo com um pouco de doce de abobora ;o))

Ate breve

as-nunes disse...

Este dia de "Todos os Santos" está bonito, cheio de Sol, duma luminosidade transcendente. Ia a caminho do Cemitério de Sto. António do Carrascal (o da cidade de Leiria), lá no Alto do mesmo nome, pertinho do local onde, segundo a lenda, o Santo descansou ao pé duma oliveira, que já estava estafado com o Menino Jesus ao colo...fotografei um eucalipto em flor, e lá se foi cumprir o ritual do arranjo da campa do meu sogro.
...
Mas estava-se a falar era de comer e beber...bom queijo da serra, bom Dão (também pode ser de Silgueiros), boas castanhas aí da zona e...siga a rusga.
Esta foto do post pôe-nos logo a congeminar formas de arranjar tempo para participar nessas festanças todas.
Há que aproveitar a vida...
All the best, AL e restantes comentadores.
António

Anónimo disse...

Concordo em pleno com o meu velho amigo J.P.Clememte, k á muito não vejo. Sandra

D. Maria e o Coelhinho disse...

HOJE, DIA DOS SANTOS, VENHO PEDIR PELO MEU COELHINHO , QUE ESTÁ NO PURGATÓRIO.
JUNTEM-SE A MIM PARA VER SE ELES O EMPURRAM PARA O CÉU!

D MARIA

Tozé Franco disse...

Ui que bom...
Cá em casa meteu sarrabulho...
Um abraço.

quintarantino disse...

Caríssimo, tivesse eu pai rico ou dono de banco e outro galo cantaria...
Espero que tenha tido um bom dia com castanhas...

Mário Relvas disse...

Dia de finados é o meu dia...até que me "fine"!

Um bom S. Martinho e viva o queijo!

Abraço

aminhapele disse...

Olá Al!
Agora começa a aparecer o bom queijo!
Garanto que já tinha saudades!
Quanto ao MUSEU DO PORCO,já existe um na Pampilhosa,instalado na Casa Quinhentista e que não está nada maltrarado.
Subsiste à base da vontade de alguns "carolas".
Quando cá vier,aconselho a visita.
Um abraço.

redonda disse...

Também me parece uma óptima ideia!

Isabel Magalhães disse...

Caro Al;

Vou levar este post 'emprestado'...

é importante que os citadinos - e os outros - relembrem tradições. :)

Um abraço monárquico.
I.

Isabel Magalhães disse...

Al;

Acabei de verificar...

é pena que a função 'hiperligações' não esteja activada.

Lá terei de fazer o velho copy/paste. :)

Outro []
I.

al cardoso disse...

Cara Isabel:

Bem haja pela divulgacao, quanto ao problema creio que ja o corrigi.

Um abraco monarquico.

Isabel Magalhães disse...

Viva, Al!

Não sei se sabe mas aqui fica a informação:

http://oeiraslocal.blogspot.com/2007/11/feira-de-so-martinho.html

Um abraço monárquico.
I.

Isabel Magalhães disse...

A hiperligação funciona. Já lá está o seu post.

Obrigada.

I.

Isabel Magalhães disse...

Al;

Já li o seu comentário no 'Oeiras Local'. Obrigada. :)

Seja bem-vindo ao S. Martinho em Linda-a-Velha! :)

A nossa Feira de São Martinho vai mostrar o que de melhor se faz em determinadas zonas do país (...) fumeiros e queijos de Fornos de Algodres, (...) entre outros produtos de qualidade.

A respeito dos links, esteja à vontade para linkar o que interessar.

Abraço monárquico.
I.