quarta-feira, fevereiro 13, 2008

"O Mes do Queijo da Serra"! III



Ha vinte e oito anos foi assim!!!

Presentemente ha muita gente que teme que o nosso "Serra" acabe, eu pessoalmente ficaria muito desapontado, se isso pudesse vir a acontecer. Felizmente nem sequer tenho que me preocupar com o colesterol!

6 comentários:

Anónimo disse...

Julgo que a questão até nem está no acabar ou não, pois julgo que isso nunca irá acontecer. Para um nicho de mercado local, haverá sempre produtores/vendedores e compradores. Quase todos os que vivem ou nasceram por cá conhecem o bom queijo e sabem onde o comprar.
Agora para aqueles que não são conhecedores do produto, e compram o Queijo da Serra, em locais como grandes superfícies ou feiras, já não tenho tanta certeza de que o queijo que adquirem seja um genuíno "Serra". Isto nada tem a ver com o vendedor final, mas sim com o produtor que é obrigado a fabricar o queijo para venda, segundo a regulamentação vigente, e que como se sabe seguindo todas essas normas e processos de fabrico, o resultado final até é um bom queijo, mas nunca um genuíno "Serra". Penso que isto desvirtua o produto e como é lógico prejudica o seu comércio e reputação.

Pouco sei de história, no entanto deixava aqui duas questões em aberto: Tanto quanto sei em “tempos que já lá vão”, muitos pastores traziam os seus rebanhos desde a Serra da Estrela e outros locais distantes, para se alimentarem dos pastos existentes no nosso concelho e noutros vizinhos, beneficiando estes da qualidade dos pastos, facto que contribui também para que o leite extraído dos animais seja da qualidade exigível para produzir um bom queijo Serra da Estrela. Será esta uma das razões para o facto da extensão da Denominação de Origem Controlada (DOP), deste produto ser tão extensa? Será que este ponto foi relevante para o legislador apontar esta área?

Cump's
O anónimo

JPCLEMENTE disse...

Caro Al. Cardoso!
O meu amigo deve ter um arquivo fabuloso, relativo à nossa cultura local!Penso que seria muito interessante fazer uma exposição relativa à temática do Queijo da Serra, acompanhada destes cartazes que também fazem parte da nossa cultura local.A Direcção da Associação Terras de Algodres poderia começar a pensar num tipo de exposição com esta temática.Parabéns pela publicação deste cartaz. Muito Interessante o regulamente e o cartaz, não sei se este regulamente continua a ser colocado em prática.
Continuação de uma óptima semana
JPC

Anónimo disse...

Ola Al, o JP tem razão o seu arquivo deve ser riquissimo, mercia a tal exposição, até para se poder ver como á anos atras se protegia as gentes da terra, e hoje se protejem os interesses proprios e dos amigos. Espere e veja o que vai acontecer nas antigas instalações do posto de turismo.... Sandra

Amaral disse...

Al Cardoso
Penso que o nosso "Serra" não vai acabar. É famoso e apreciado demais para acabar; além disso é uma fonte de riqueza e de prestígio mundial.
Abraço

Magno disse...

Amigo Al,
Um queijo fruto do saber dos nossos antepassados, acompanhado com um bom pão centeio, só em Fornos de Algodres.....
Mais uma vez os meus parabens por esta bela ideia.......

Isabel Magalhães disse...

Amigo Al;

Acabar como? Por causa das novas leis da ASAE? Bom... eu diria que é preciso ter cuidado porque da cabeça deste só cretino (des)governo há que esperar tudo.

Abraço monárquico de Linda-a-Velha

I.